Novo Site/Blog Bette Maria+50

Posted on by 0 comment image

Amigos, o Site Coaching+50está sendo desativado e em seu lugar entra o Site/Blog Bette Maria+50: www.bettemaria.com.br com o intuito de empoderar as mulheres de mais 50 anos, para que elas construam uma Nova História, com saúde, autoconhecimento, qualidade de vida e sejam finalmente protagonistas da vida delas.

capa facebook Bette Maria+50

Estou te esperando lá, ok?

Site/Blog: www.bettemaria.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/bettemariamais50/

Se precisar falar comigo: contato@bettemaria.com.br

Com carinho, Bette Maria, a Master Coach das Mulheres+50

Category: Mulheres+50

Quando eu disse não, ganhei força novamente

Posted on by 0 comment image

Quando eu disse não, ganhei força novamente

yes_ no

Você se cansou de ser sempre diplomático e conciliador, de ser sempre complacente com os outros passando por cima das suas prioridades e necessidades? Alguma vez você já pensou que se em determinado momento você fosse sincero e falasse diretamente das suas diferenças de opinião com alguém, sem a necessidade de erguer a voz ou de se chatear, você se sentiria melhor?

Você já cansou de arrumar o computador do seu vizinho, de ser sempre você o que cuida dos seus sobrinhos, o que sempre vai ao médico com a sua tia e o que sempre se sobrecarrega de coisas e obrigações, inclusive quando você não está com vontade, esquecendo-se de si mesmo?

“A coisa mais importante que aprendi depois dos 40 anos de idade
foi a dizer não, quando é não”
 – Gabriel García Márquez –

Dizer um “não”, um “basta”, ou “isso não é assim” pode libertar, reconfortar e fazer você se sentir melhor consigo mesmo. Acontece que muitas vezes, por temor de uma discussão, por timidez, porque achamos que vão gostar menos de nós, não queremos dizê-lo.

Para evitar viver uma situação desconfortável, vamos acumulando tudo o que não somos capazes de dizer na cara, sempre querendo agradar. E no fim das contas, a única coisa que conseguimos é prejudicar a nós mesmos, e a ninguém mais.

Por isso, às vezes é possível começar com coisas pequenas, e mesmo que nessa hora alguém diga “mas você não era assim“, “como você mudou!“, você responderá sem medo “sim, mudei” e certamente se sentirá mais confortável.

Com certeza essas primeiras mudanças irão marcar um antes e um depois no seu interior. Você se sentirá mais respeitado, mais seguro de si mesmo, e aprenderá a se relacionar com os outros de uma forma positiva e sincera; e se alguém já não gostar de você, pois bem, porque talvez nunca tenha gostado de você verdadeiramente…

É preciso que nos respeitem e é preciso respeitar. E isso não se consegue falando mais alto ou fazendo mais barulho. É uma atitude que todos irão notar quando for enraizada na sinceridade, olhando nos olhos, quando formos claros com os outros…

Calar-se frente a tudo e dizer sempre que “sim” não vai garantir que vão gostar mais de você; de fato, pensando assim, talvez por trás de tudo isso se esconda uma baixa autoestima, e você pode estar pensando que a satisfação é o meio para obter carinho.

E como é possível aprender a dizer “NÃO”?

1. Comece pelas coisas pequenas. Não dê desculpas tolas, pois isso no fim das contas aparece. Simplesmente diga que não gosta, que você está cansado, que compreende mas que não pode, que você também tem suas obrigações.

2. Se você não se sente seguro, primeiro pense bem como irá fazer. Você pode se colocar diante do espelho e analisar a sua linguagem verbal e corporal. Avalie se o seu discurso é sensato e razoável.

3. Não tenha medo; é normal que você se sinta desconfortável e ansioso na hora do seu “não”, mas dizem que “a clareza bem compreendida começa por si mesmo”. Dizer “NÃO” é gostar de si mesmo.

4. Perca o medo do que os outros vão dizer. O primeiro que precisa se sentir satisfeito consigo mesmo é você.

5. Você não tem obrigação de dar tantas explicações. Se você fizer isto, começará a entrar na sua espiral de “como posso lhe dizer isso…” e você estará de novo no mesmo lugar.

6. Aprenda que se uma pessoa gosta de você e o aprecia de verdade, não vai deixar de gostar por você dizer um “NÃO”, você também tem o direito de descansar e cuidar de você mesmo. Revise a sua autoestima.

7. Aprenda a não se sentir culpado por dizer “NÃO”. Esse é um trabalho interno que você pode fazer pouco a pouco.

 FONTE: http://amenteemaravilhosa.com/disse-nao-ganhei-forca-novamente/
E você está sabendo dizer NÃO quando é preciso? Está priorizando suas necessidades ou seus desejos, ou acaba se sobrecarregando de afazeres e favores para os outros, que fica sem tempo e energia para cuidar de você mesma?

Eu te convido a pensar mais em VOCÊ, a se colocar em primeiro lugar na sua vida, em especial nesta fase, depois dos 50 anos, onde tantos anos você se dedicou a cuidar dos outros, comece a falar NÃO para os outros e SIM para você!Reinvente-se, seja a Protagonista de Sua Vida, seja sua “Melhor Versão em 120 dias”. Eu quero  lhe ajudar, se  aceitar se cadastre:

pelo email: http://www.blog.bettemaria.com.br/pagina-cadastro ou

pelo facebook:http://facebook.bettemaria.com.br/cadastro-facebook

Com carinho, Bette Maria, a Master Coach das Mulheres+50

Category: Minuto Coaching+50

A Importância da Autoestima

Posted on by 0 comment image

A Importância da Autoestima

 

A maneira como nos sentimos em relação a nós mesmos influencia sobremaneira todos os aspectos de nossa existência. Nossas respostas aos acontecimentos do dia a dia são determinadas pela maneira como nos vemos. A nossa autoestima é a resposta para os nossos sucessos e fracassos.

O  PHD  em psicologia Nathaniel Branden, diz a esse respeito: “Não consigo pensar em um único transtorno psicológico, a não ser os que tem origem em algum problema biológico, que não esteja relacionado a baixa autoestima: ansiedade, depressão, medo da intimidade ou do sucesso, abuso de álcool ou drogas, deficiência na escola ou no trabalho, espancamento de companheiros e filhos, disfunções sexuais, imaturidade emocional, suicídio, crimes violentos, etc..”

O autor  do livro  “Como Aumentar Sua Autoestima” continua dizendo: “De todos os julgamentos que fazemos, nenhum é tão importante como aquele que fazemos de nós mesmos. Uma autoestima positiva é fundamental para uma vida satisfatória.”

Precisamos entre tanto entender o que é autoestima. Ainda segundo o mesmo autor,  a autoestima tem dois componentes, o sentimento de competência pessoal e o sentimento de valor pessoal.

Em outras palavras, autoestima é a soma da autoconfiança com o autorespeito. Ela reflete o julgamento implícito da nossa capacidade de lidar com os desafios da vida (entender e dominar os problemas)  e do direito de ser feliz (respeitar e defender os próprios direitos e necessidades).

Ter uma autoestima elevada é sentir-se adequado à vida, isto é, competente e merecedor, no sentido que acabou de ser citado. Ter uma autoestima baixa é sentir-se inadequado à vida, desajustado, não sob este ou aquele aspecto, mas desajustado como pessoa.

Ter uma autoestima média é oscilar  entre se sentir adequado e inadequado como pessoa e manifestar essa inconsistência  no comportamento, às vezes agindo com sabedoria, às vezes agindo com estupidez, reforçando, portanto, o sentimento de incerteza.

Ter uma autoestima inapropriada é sem duvida fonte de muitos problemas. Quando não acreditamos em nós mesmos, ficamos prejudicados em nosso trabalho, em nossos relacionamentos íntimos e acima de tudo deixamos de acreditar em nossa capacidade de superar problemas. A pergunta aqui agora é: como desenvolver uma autoestima apropriada?

Segundo Branden, “A Capacidade de desenvolver uma autoconfiança e um autorespeito saudável é inerente a nossa natureza, pois o pensamento é a fonte primordial da nossa competência, e o fato  de estarmos vivos é o bastante para nos garantir o direito de lutar pela felicidade.”

É muito fácil nos esquecermos do nosso direito de ser feliz, direito de ter uma vida digna em nossa sociedade onde o ter tomou o lugar do ser aparentemente, porém se nos lembrarmos daquilo que somos verdadeiramente (pessoas maravilhosas, essência divina) e nos chegarmos bem pertinho do nosso verdadeiro ser, sentiremos como somos importantes, como temos valor simplesmente porque somos pessoas humanas.

Lembre-se sempre que você é perfeito, lindo e forte de verdade, não importam as situações do externo. Nunca permita que nada, ninguém, nenhuma circunstância externa lhe diga o contrário. Você é maravilhoso e ponto final.

Se quiser  saber mais sobre como melhorar sua autoestima e autoconfiança, me acompanhe  e se cadastre no Projeto  Sua Melhor Versão em 120 dias acesse:

pelo email: http://www.blog.bettemaria.com.br/pagina-cadastro ou

pelo  facebook:http://facebook.bettemaria.com.br/cadastro-facebook

FONTE: Psic. Odegine Graça – http://www.caentrenos.org/a-importancia-da-autoestima/

Category: Minuto Coaching+50

Tempo que foge!

Posted on by 0 comment image

Tempo que foge!
Ricardo Gondim

tempo de ser feliz é agora

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos. Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo. Não vou mais a workshops onde se ensina como converter milhões usando uma fórmula de poucos pontos. Não quero que me convidem para eventos de um fim-de-semana com a proposta de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos parlamentares e regimentos internos. Não gosto de assembléias ordinárias em que as organizações procuram se proteger e perpetuar através de infindáveis detalhes organizacionais.

Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de “confrontação”, onde “tiramos fatos à limpo”. Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário do coral.

Já não tenho tempo para debater vírgulas, detalhes gramaticais sutis, ou sobre as diferentes traduções da Bíblia. Não quero ficar explicando porque gosto da Nova Versão Internacional das Escrituras, só porque há um grupo que a considera herética. Minha resposta será curta e delicada: – Gosto, e ponto final! Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: “As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos”. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos.

Já não tenho tempo para ficar dando explicação aos medianos se estou ou não perdendo a fé, porque admiro a poesia do Chico Buarque e do Vinicius de Moraes; a voz da Maria Bethânia; os livros de Machado de Assis, Thomas Mann, Ernest Hemingway e José Lins do Rego.

Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita para a “última hora”; não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja andar humildemente com Deus. Caminhar perto dessas pessoas nunca será perda de tempo.

Fonte: http://www.ricardogondim.com.br/poemas/1401/

Category: Minuto Coaching+50

Vá em busca da realização de seus sonhos!

Posted on by 0 comment image

Vá em busca da realização de seus sonhos!

Sonhar é inerente à vida do ser humano. Quando somos crianças temos a alma cheia de sonhos, sonhamos em ser super homens ou princesas, temos sonhos quase impossíveis, sonhamos alto, sem medos e sem fronteira. Mas parece que quanto mais vamos crescendo, mais os nossos sonhos vão diminuindo de tamanho, vão se tornando menos sonhos e sim realidades mais tangíveis como ser médico, advogado, dentista, professora,etc. O que permanece em todos seres humanos, independente da idade, é o sonho maior de ser feliz! 

Vá em busca de seus sonhos

E isso acontece pois quando somos crianças tudo parece fácil de alcançar, mas com o passar do tempo a vida encarrega-se de nos mostrar que nem sempre conseguimos atingir os nossos objetivos, os sonhos vão ficando pelo caminho… e com o tempo, acabamos de deixar de sonhar.

Aprendemos com a vida que sonhar é maravilhoso, porém não basta sonhar, precisamos seguir sempre agindo em direção a eles, um pouco por dia e tendo em mente a construção de nossos objetivos. Muitos desistem no caminho porque os obstáculos foram mais fortes que seus mais incontidos desejos.

Os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se os sonhos são pequenos, nossas possibilidades de sucesso também serão limitadas.

sonhar alto_coachingmais50.com.brNo livro “A mágica de pensar Grande”, o doutor David Schuwartz, nos recomenda em uma frase celebre que diz: Mire na lua, pois se você errar acertará as estrelas. Importante entendermos que a vida sempre lhe dará o mesmo daquilo que você acha que merece, se você achar que não merece uma casa bonita e confortável, um bom carro legal, viagens internacionais, se você achar que você não é merecedor, já estará colocando um limite em si mesmo, em seus objetivos, em suas metas.

Quando você tem uma mente próspera, quando você acredita que você merece coisas boas e quando se acha capaz de realizar metas maiores, você cria as condições necessárias, você age criando  um cenário propício para ajudá-lo a realizar seus sonhos e mesmo que não consiga exatamente aquilo que desejava,  você pode passar perto e conquistar algo muito interessante.

Quando você pensa grande você tem um motivo para entrar em ação em outras palavras você tem motivação. Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100 % das vezes.

Por isso, o meu recado principal de hoje é não fique esperando o incentivo dos outros, VOCÊ precisa acreditar e sair da sua zona de conforto e fazer tudo o que for necessário (desde que ético) para alcançar a realização dos seus sonhos. Seja o co criador  (junto com Deus que é o criador de tudo no mundo) da sua realidade e com certeza o Universo vai conspirar a seu favor, mas precisa começar HOJE.

Se por acaso você ainda não está com seu Plano 2016 pronto, agora é a hora e se quiser baixá-lo acesse:http://blog.coachingmais50.com.br/cadastro-inicial

Desejo-lhe um 2016 extraordinário !  Se você é mulher, com mais de 50 anos quero aproveitar e lhe fazer mais dois convites: 1) se quiser reinventar-se e investir na sua mudança para a Sua Melhor Versão em 120 dias, me acompanhe no meu outro site/blog: www. bettemaria.com.br, inclusive uma das minhas metas é emagrecer e estou dando dicas diárias e 2) se depois de fazer pra valer o plano de 120 para se transformar na sua melhor versão e tiver resultados positivos com as coisas que aprendeu comigo, me envie um e.mail até dia 02.05.16 contando a sua história e concorra à uma das três sessões de Coaching on line comigo, pois quero lhe ajudar a ser realmente a protagonista da sua vida e atingir todo o potencial que você merece!

Com carinho, Bette Maria

 

 

 

Category: Minuto Coaching+50

Metas e Objetivos para 2016, já se planejou?

Posted on by 1 comment image

metas para 2016

Olá, tudo bem com você?

Já se deu conta que a primeira semana de 2016 passou voando? Como está sendo este início de ano para você? Já colocando em prática seus planos do que pretende fazer ou vai enrolar até o Carnaval? Não estou brincando não, é papo sério!

Sinceramente, fico preocupada quando vejo tanta gente que além de não ter feito um “balanço” do ano de 2015, fica falando em crise, reclamando da vida, empurrando os problemas com a barriga, mas não faz muita coisa efetiva para mudar sua situação.

E por isso como MasterCoach a minha missão é lhe ajudar a ter uma diretriz, um caminho traçado do que quer conquistar na sua vida para 2016, mas primeiro preciso lhe perguntar algumas coisas, para que você faça uma auto reflexão:

  1. Que aprendizados de 2015 podem lhe ser úteis em 2016?
  2. Quanto % você realizou em 2015 daquilo que pretendia realizar?
  3. O que deu certo em 2015 e por que acha que isso aconteceu?
  4. O que deu errado em 2015 e quais foram as falhas? Se pudesse fazer de novo algo que deu errado como faria agora?
  5. O que você queria no início de 2015, que não atingiu, mas não quer mais em 2016?
  6. Quais são as coisas que você sabe que precisa mudar ou eliminar para ter um ótimo 2016?
  7. Quais sonhos conquistou em 2015? Será que agradeceu o suficiente por isso?Celebrou todas as suas conquistas por menores que tenham sido?
  8. Para 2016 ser o melhor ano da sua vida, até então, o que precisa acontecer?
  9. Você é auto responsável? Reconhece que é o(a) único(a) responsável pela vida que tem tido? Consegue entender que foram suas escolhas que lhe trouxeram até aqui, fosse o resultado positivo ou negativo?
    10. Se pudesse voltar no tempo, ao olhar para 2015, que conselhos daria para você em relação ao ano que passou? Ou seja, o que vai fazer diferente daqui para frente?

Penso que ao responder estas questões para si mesmo(a), vai perceber que por pior ou melhor que tenha sido o seu 2015, vou terá consciência de que só depende de você o resultado que alcançar daqui para a frente, pois são as sementes que plantar agora que colherá no final deste ano e nos seguintes.

E para isso você precisa de um planejamento estratégico, precisa definir metas de um modo neurologicamente correto, em todas as áreas de sua vida e fazer um plano de ação com tarefas tanto semanais, mensais pelos próximos 90 dias e ir gerenciando se está caminhando na direção da realização das suas metas ou está se perdendo no meio do caminho.

Eu compreendo que nós brasileiros não temos cultura de planejar o futuro, nem a curto e nem a longo prazo, mas depois do Coaching ter entrado na minha vida eu aprendi o quanto isto facilita nosso cérebro a traçar caminhos mais diretos e focados nos nossos objetivos e por isso vou  no final do ano eu fiz meu Projeto 2016 e quis dividir com você a forma neurologicamente correta de elaborar metas e escrevi um PDF sobre isso. Se por acaso você ainda não está com seu Plano 2016 pronto, agora é a hora e se quiser baixá-lo acesse: http://blog.coachingmais50.com.br/cadastro-inicial

Desejo-lhe um 2016 extraordinário !  Se você é mulher, com mais de 50 anos quero aproveitar e lhe fazer mais dois convites: 1) se quiser reinventar-se e investir na sua mudança para a Sua Melhor Versão em 120 dias, me acompanhe no meu outro site/blog: www. bettemaria.com.br, inclusive uma das minhas metas é emagrecer e estou dando dicas diárias e 2) se depois de fazer pra valer o plano de 120 para se transformar na sua melhor versão e tiver resultados positivos com as coisas que aprendeu comigo, me envie um e.mail até dia 02.05.16 contando a sua história e concorra à uma das três sessões de Coaching on line comigo, pois quero lhe ajudar a ser realmente a protagonista da sua vida e atingir todo o potencial que você merece!

Com carinho, Bette Maria

Category: Minuto Coaching+50

Conheça os segredos da Longevidade de Jeanne Louise Calment, ela viveu 122 anos

Posted on by 4 comments image

Conheça os segredos da Longevidade de Jeanne Louise Calment, ela viveu 122 anos

Jeanne Louise Calment

A admirável senhora  centenária Jeanne Louise Calment,  é considerada a pessoa que mais tempo viveu no mundo, com registros e comprobatórios válidos. Jeanne entrou para história ao atingir a marca de 122 anos e 164 dias de vida (Arles, 21 de fevereiro de 1875 — Arles, 4 de agosto de 1997).

Ela viveu 44.724 dias e com certeza tamanha longevidade despertou a atenção de inúmeros cientistas pelo mundo. Quando nasceu, a França estava na Terceira República no mandato de Patrice de Mac-Mahon e morreu na Quinta República Francesa, no mandato de Jacques Chirac.

Ela também era conhecida por ter sido noiva de ninguém menos do que Van Gogh, quando tinha 14 anos e a Torre Eiffel começou a ser construída. Em uma entrevista no ano de 1988, ela havia dito sobre ele: “… estava sempre sujo, mal vestido e era um homem sombrio”.

Tinha uma vida ativa para sua idade, praticando esportes como esgrima, até os 85 anos. Passeou de bicicleta até os cem anos. Morou sozinha no seu apartamento até os 110 anos. Conseguiu andar até os 115 anos.

Seus segredos eram, o azeite, o vinho do porto e o chocolate.

Tinha por hábito fumar um cigarro e beber um copo de vinho tinto por dia, até sua morte.

Seu irmão, François, viveu até os 97 anos e seu pai Nicolas até os 93.Casou-se com um primo de segundo grau, Fernand Calment (1868 – 1942). Foram casados durante 46 anos. Jeanne viveu tempo suficiente para ver a morte de sua única filha, Yvonne, falecida em 1934 e também a de seu neto, Fréderic, formado em medicina, que morreu em 1963 num acidente de moto.

Quando tinha 90 anos Jeanne Louise, que já não tinha herdeiros, firmou com André-François Raffray (um advogado de 47 anos) um contrato estipulando que ele herdaria sua casa desde que lhe pagasse uma renda mensal de 2500 francos. O valor original da casa estava pago após 10 anos, mas o destino tinha outra carta dentro da manga: Raffray não apenas pagou a Madame Calment durante 30 anos, como também morreu antes dela, aos 77 anos, e sua viúva continuou pagando a ’renda’ até a morte da proprietária.

Jeanne Louise apareceu num filme quando tinha 114 anos, aos 115 foi submetida a uma cirurgia no quadril e aos 117 parou de fumar. E não foi por se sentir mal pelo vício, mas sim porque, como estava quase cega, se incomodava em ter de pedir isqueiro aos outros.

Até seus últimos dias, Madame Calment esteve lucida e teve sagacidade para pensar. Quando, em seu aniversário de número 120, perguntaram sua opinião sobre o futuro, ela deu uma resposta incrível: ”Vai ser muito curto“.

Frases e regras de vida da Madame Calment:

 – A juventude é um estado da alma, não do corpo; por isso eu continuo sendo uma garota. Eu simplesmente não olho para a minha idade.
– Nunca pareci tão bem como nos últimos 70 anos.
– Se eu tenho rugas, eu me dano para elas.
– Tenho uma única ruga, e estou sentada em cima dela.
– Todos os jovens são maravilhosos.
– Deus se esqueceu de mim.
– Sou apaixonada pelo cinema.
– Eu nunca uso maquiagem porque eu rio de chorar e choro de rir muitas vezes.
– Se você não pode fazer nada sobre alguma coisa, não se preocupe com esta coisa
– Tenho uma grande vontade de viver e um bom apetite, especialmente para as guloseimas.
– Enxergo mal e escuto mal e me sinto mal, mas isso tudo é uma bobagem.
– Tenho pernas de ferro, mas, para ser sincera, elas começaram a enferrujar um pouco.
– Sempre aproveitei de quase toda situação.
– Respeitei os princípios morais e não tenho nada do que me arrepender. Sou sortuda.
– Acho que vou morrer de tanto rir.
– Eu estou sempre sorrindo. Acho que esta é a razão da minha longevidade.
Em uma entrevista, um jornalista lhe disse: “Nos vemos! Quem sabe no ano que vem…”. E Madame Calment respondeu: ”E por que não? Você não parece estar tão mal, apesar de tudo!

10 Dicas para Impulsionar sua Felicidade!

Posted on by 0 comment image

10 Dicas para Impulsionar sua Felicidade!

alma feliz

Na sexta feira, dia 01.01.16, comecei a falar sobre FELICIDADE, lhe dando 3 “sacadas” sobre este tema, ontem falei sobre o que é e como entrar em Flow – Estado de Fluxo, e hoje seguem  10 dicas de como impulsionar a sua felicidade.

Se você não leu as postagens anteriores:

01.01.16- Que a Felicidade seja Sonho, Meta e Realidade! 

02.01.16 – O que é Flow- Estado de Fluxo?

Então, vamos as  10 dicas de como impulsionar a sua felicidade:

#1. Esqueça a inveja

Algumas pessoas pensam que se comparar com os outros é algo bom. Poderia ser, se o objetivo fosse uma competição.

Tenha uma meta para se motivar. Mas ele começa a ser prejudicial quando as realizações dos outros trazem sentimentos invejosos.

Ao ter as suas próprias metas, você estará mais focado no que poderia acontecer com você mesmo do que simplesmente alcançar os outros.

#2. Perca o medo da mudança

Na maioria das vezes, mesmo que a situação atual seja como o inferno, muitas pessoas se recusam a ceder.

Elas sabem que não estão confortáveis onde estão. É que eles temem as novas coisas ainda mais do que as atuais – mesmo quando elas não são boas.

Eliminar esse sentimento de suas vidas vai abrir novos caminhos e um novo mundo para que você se descubra. Seja capaz de decidir mudar e enfrentar as coisas, esse é o sentimento mais emocionante que alguém poderia experimentar.

#3. Abra mão do controle

Embora muitas pessoas queiram ter o poder de controlar a forma como anda as suas vidas, e talvez até mesmo como a vida dos outros funciona, nem tudo pode ser controlado.

Às vezes, não importa o quanto eles tentem, nem tudo acontece do jeito que querem.

No entanto, uma vez que as pessoas começam a reconhecer que certas coisas e eventos estão fora de seu controle, eles podem começar aceitar melhor aquilo que a vida lhes dá.

#4. Diminua o excesso de trabalho

A realização profissional leva um monte de empreendedores e profissionais a trabalharem por longas horas.

Obviamente que esses sacrifícios acontecem para que possamos realizar nossos sonhos, mas precisamos de algum equilíbrio em nossas vidas, para que possamos ser felizes.

Alcançar as metas é muito bom, mas dar um tempo para outras partes importantes da nossa vida (amigos, família e passatempos) é melhor ainda.

#5. Esqueça a culpa

Às vezes as coisas dão errado. Seja no trabalho, ou em alguma outra área da sua vida, as pessoas sentem a necessidade de colocar a culpa em alguém quando algo acontece.

É como um mecanismo de enfrentamento: as pessoas simplesmente não querem se sentir responsáveis por tudo de ruim que acontece.

Ao fazer isso, as pessoas podem se concentrar em soluções e sair de uma situação ruim.

#6. Pare de reclamar

Pessoas que reclamam constantemente não apenas arruínam a sua própria felicidade, mas também a felicidade dos outros.

A única coisa que as pessoas certamente poderiam controlar é a sua reação aos acontecimentos infelizes.

Uma das melhores coisas que as pessoas poderiam fazer é parar de reclamar, e começar a olhar para os problemas com uma nova visão, e sentido de oportunidade.

#7. Pare de achar que você precisa estar certo o tempo todo

Ninguém detêm o poder de saber tudo o que há para saber. Então, por que algumas pessoas insistem que estão sempre certas?

Mesmo que estivessem certas, teria valido a pena discutir com os outros por causa disso? Às vezes é melhor investir nos relacionamentos do que achar que sempre tem que estar certo.

#8. Esqueça as crenças que limitam você

O sentimento de incapacidade, ou a crença de que nossa capacidade é limitada, é um dos maiores obstáculos até a felicidade.

Quando você simplesmente abre mão disso, o mundo vai começar a revelar as suas possibilidade ilimitadas para você.

#9. Desista das más companhias

As pessoas são facilmente influenciadas por seus pares. O ser humano é uma criatura social que adota os hábitos e valores das pessoas que o rodeia.

Maus amigos que influenciam as pessoas a serem menores do que poderiam ser irá impedi-los de experimentar a felicidade que eles merecem.

Em vez disso, as pessoas devem se cercar de companhias que inspiram você a viver a sua vida ao máximo.

#10. Esqueça o passado

É certo que o passado está cheio de experiências boas e ruins. Mas essas experiências são destinadas a construir quem somos.

O passado não deve ser uma gravação de arrependimento que as pessoas olham para trás a maior parte do tempo.

O passado deve ser uma fonte de sabedoria, para empurrar as pessoas para se tornarem ainda melhores, e assim continuarem a viver a vida feliz que eles merecem viver.

Minha Dica Extra: Se quiser felicidade em sua vida, invista em autoconhecimento, invista em você, em ser reinventar-se, em ser a protagonista de sua vida e se quiser minha ajuda, acesse e acompanhe minha própria transformação Ser Minha Melhor Versão no meu outro site/blog: www.bettemaria.com.br

Fonte :  http://www.agendor.com.br/blog/impulsionar-a-sua-felicidade/

 

Category: Minuto Coaching+50

O que é Flow- Estado de Fluxo?

Posted on by 0 comment video

O que é Flow-  Estado de Fluxo?

Ontem eu comentei que, neste primeiro fim de semana de 2016, iria falar sobre Felicidade e encerrei o post com uma expressão: FLOW,  e como prometido passo a explicar mais sobre o que é e como acessar o Estado de Fluxo – Flow.

Flow-Estado-de-Fluxojpg

FLOW é um termo que vem do inglês FLUIR e que pode ser traduzido como “Estado de Fluxo” ou “Experiência de Fluxo” O conceito de FLow foi desenvolvido na década de 70 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, para designar as experiências ótimas de fluxo na consciência. (vídeo TED disponível abaixo)

Em uma entrevista, Mihaly define Flow da seguinte maneira: “Flow pode ser descrito como estar completamente envolvido em uma atividade específica. O ego some. O tempo voa. Cada ação, cada movimento, e pensamento que flui inevitavelmente segue o movimento anterior, como tocar jazz. O seu ser inteiro está envolvido, e você está utilizando as suas habilidades no mais alto nível”.

O estado de flow acontece quando dirigimos toda a nossa capacidade para uma única atividade e por esta atividade ser extremamente divertida, gostosa, prazerosa, criativa, importante simplesmente não há espaço em nosso foco de atenção para nada mais – a não sera quilo que estamos fazendo. Nestes momentos de fluxo de atenção intenso, nós até esquecemos quem nós somos, o que fazemos, de onde viemos e para onde vamos. Um exemplo que é simples de entender o estado de fluxo é quando vamos ao cinema e entramos tanto no filme que esquecemos da nossa própria vida.

Segundo as pesquisas de Mihaly, as pessoas que conseguem entrar mais sistematicamente no estado de fluxo tendem a ser mais felizes porque sentem que estão se divertindo o tempo todo, tanto quanto produzindo algo de útil, necessário, belo ou justo para o mundo.

Geralmente a pessoa entra em Flow quando ela está fazendo aquilo que ela mais gosta de fazer, pois quando você faz aquilo que gosta, você tem mais motivação, se concentra com mais facilidade e fica tão profundamente envolvido e absorvido na atividade que nem percebe o tempo passar. Naquele momento, você não pensa em mais nada, não pensa nos problemas que ocorreram antes, nem no que terá de fazer depois, fica inteiramente focado no presente – no aqui e no agora.

Mas o estado de fluxo também acontece em experiências cotidianas e banais, as pessoas entram em fluxo dançando, cantando, correndo, praticando esportes, desenhando, pintando, escrevendo,  assistindo TV, navegando na internet, meditando e até trabalhando.No meu caso descobri que adoro ficar pesquisando e escrevendo neste blog sobre assuntos que me interessam e acho que podem contribuir para as outras pessoas. As horas passam e eu nem sinto, estou trabalhando e me divertindo.

Por isso quis escrever sobre Flow, pois quando você se conhece, sabe as coisas que lhe façam sentir bem fica mais fácil estar no caminho da Felicidade, porque o FLOW é um estado organizado da consciência, pois no dia-a-dia, é comum nos vermos em uma situação onde nossa razão e nossa emoção entram em conflito. Com frequência pensamos uma coisa, sentimos outra e agimos ainda de outra maneira. Esses conflitos interiores consomem muito da nossa energia e causam muito desgaste e stress emocional. Na experiência de fluxo não há conflito entre pensamentos, sentimentos e ações. No Flow, corpo e mente fluem em perfeita harmonia.  

E você sabe o que lhe leva a entrar em Flow? Descubra quais as coisas que lhe levam ao Estado de Fluxo, deixe a Vida fluir naturalmente e seja mais feliz. Carpe Diem!

 

FONTES:  http://www.psicologiamsn.com/2015/05/o-que-e-e-como-funciona-o-estado-de-fluxo-flow.html   e http://www.flowpsicologiapositiva.com/wordpress/o-que-e-flow/

 

Category: Minuto Coaching+50

Que a Felicidade seja Sonho, Meta e Realidade!

Posted on by 1 comment image

Que a Felicidade seja Sonho, Meta e Realidade!

que a felicidade seja meta

Amigos, neste primeiro fim de semana de 2016, quero falar sobre Felicidade! Hoje, 01.01.16, quero lhe dar três “sacadas”  rápidas sobre Felicidade e espero que gostem:

1. Não existe uma fórmula da felicidade que funcione com todo mundo, cada pessoa é diferente e reage à vida de modo diferente.Felicidade não é um fim em si, e sim uma conseqüência do jeito que você leva a vida. É o dia-a-dia de uma pessoa e a maneira como ela reage às situações mais banais que definem seu nível de felicidade. Ou, para resumir tudo: um jeito garantido de ser feliz é se preocupando menos em ser feliz.

2. A felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito. A felicidade diária é uma experiência, claro que alcançar seus sonhos lhe traz felicidade, mas não duradoura. Na verdade, sentir felicidade é uma das chaves mais importantes para alcançar seus objetivos, pois já está comprovado pela Psicologia Positiva que a felicidade gera mais felicidade e sucesso e não ao contrário. Mas, como é que alguém chega lá, se não está se sentindo feliz agora?

Felizmente, há uma resposta simples para isso. Tudo que as pessoas precisam fazer é desistir de certas coisas negativas que as impedem de ser felizes.Existe uma grande quantidade de bagagem que as pessoas transportam que impedem sua felicidade, então comece 2016 se livrando de tudo aquilo que lhe faz mal, que não acrescenta valor à sua vida (coisas, pessoas, pensamentos, hábitos). Faça uma faxina emocional!

3. Dê espaço para a felicidade em sua vida. Quando você se preocupa demais, se cobra demais e não está aberto para a felicidade, ela simplesmente vai começar a se afastar de você. Para receber a felicidade é preciso estar aberto à ela. Estar pronto para receber o que ela pode oferecer a você, e simplesmente saber que, se hoje as coisas não foram como você imaginou, elas podem ser melhores amanhã. Tenha atitudes positivas, que gerarão bons pensamentos e consequentemente sentimentos mais enriquecedores. Quando você percebe que não precisa ter para ser feliz, mas sim ser você mesmo, a felicidade toma conta de sua vida. Isso é estar FLOW (estado de fluxo), mas este assunto continua amanhã, ok ? Carpe Diem!

Se gostou deixe um comentário, tá?

Category: Minuto Coaching+50