Dica 19/28 – Enfrente seus Medos

Posted on by 0 comment image

19.02.15 – Dica 19/28 –  Enfrente seus Medos

Medo._coachingmais50.com.brpngTodos nós sentimos Medo daquilo que não conhecemos, e isso é completamente normal.  Medo de Assaltos, Doenças, Morte, Solidão, Avião, Falar em Público, Dentista, Abandono, Animais, Perder Pessoas, Fracassar, entre muitas outras coisas.  E a intensidade do Medo dependerá da história de cada pessoa. Portanto, diante de nossos pavores, só nos restam duas alternativas: lutar ou fugir.

Todos sabemos que o Medo é uma reação protetora e saudável do ser humano. O Medo “normal” vem de estímulos reais de ameaça à vida. Quando há uma situação de ameaça real à sua vida, o Medo não é uma reação patológica, mas de proteção e autopreservação.

A cada situação nova, inesperada, que representa um perigo, surge o Medo. Mas e quando tudo tem causado Medo e não conseguimos agir?

Em princípio, lutar pode ser uma reação positiva. Isso não quer dizer que fugir seja uma reação negativa. Tudo depende da situação e é preciso reconhecer os próprios limites. Mas quando estamos sob o domínio do pânico, o Medo passa a tomar conta de nossa consciência, nem fugimos e nem enfrentamos, mas ficamos paralisados e sem controle. Nesses casos, devemos buscar a origem do Medo para conseguir agir

Situações reais de perigo exigem discernimento, mas o Medo irracional, sem causa real, deve ser enfrentado. Nosso inconsciente não diferencia fantasia de realidade. Por isso, ficar pensando em todas as vezes que não conseguiu, ou ainda, que nem adianta começar, baseando-se nas experiências anteriores negativas, fará com que sua mente reaja de acordo com esse pensamento, pois o Medo nasce da associação que nossa mente estabelece com essas experiências, sem discernir que não ocorrerão mais.

Sua mente não sabe distinguir o que é passado e presente, realidade e fantasia. E se esse seu pensamento continuar presente, sua mente irá acreditar nele como real.

Como surge o Medo?

Além dos perigos iminentes e reais, nossos temores podem aparecer por causa das associações que fazemos ao longo da vida. Nossa mente inconsciente é atemporal: não tem passado nem futuro. É como se tudo estivesse sendo vivenciado no momento presente. Não há discernimento do que aconteceu, o passado e o presente se misturam.

O Medo de que não vai conseguir é muito comum e acaba interferindo diretamente na autoestima e na autoconfiança, e consequentemente nas ações e resultados da pessoa. Uma pessoa que não age por Medo de fracassar, não acredita em sua capacidade e, assim, entregam o jogo antes de tentar e perdem também a oportunidade de reverter todo esse quadro.

Procure descobrir o que o Medo simboliza para você, o que ele representa, pois, quanto mais o negamos, mais poderoso ele se torna. Explore seu Medo, descubra o que está por trás dele. Se tiver dificuldade para fazer isso, busque ajuda profissional. A pessoa mais prejudicada nesse processo todo é você mesma. Por isso, arregace as mangas e trabalhe contra tudo isso, sem pensar em desistir.

Afinal, ou o Medo controla você ou você o controla. Qual você prefere?

Quanto mais nos fixarmos e absorvermos mentalmente uma situação, mais conexões neuronais iremos criar ligadas a estes significados, e isso tornará esta conexão mais forte e mais fácil será acessá-la, segundo a neurociência.

Devemos encarar nossos Medos como as nossas maiores oportunidades de crescimento.  Eles geralmente estão relacionados com o desconhecido, o que nunca se viu ou se provou e por isso é completamente normal sentir Medo.

A verdade é que todos nós temos Medo de arriscar, mas, se pensarmos bem, só o fato de estarmos vivos já não é arriscado? A cada momento tomamos decisões que não sabemos no que vai resultar. Vivemos todos os dias sem saber se estaremos vivos no dia seguinte ou não, se continuaremos com o emprego, se teremos saúde, dinheiro…e o Medo não pode nos servir de paralisante, mas sim de estímulo. Devemos usá-lo para analisar melhor determinada situação em vez de simplesmente agir por impulso.

O medo é uma forma distorcida de ver o mundo. Arrisque-se, permita-se e viva cada dia

A boa notícia é que você pode mudar essa forma de ver o mundo. Mudando seu modo de pensar você pode mudar seu modo de agir e sentir e se libertar do seu medo.

5 passos para se libertar do medo:

1- Entenda seu medo. Ganhe controle de seus medos controlando seus pensamentos.

2- Enfrente seu medo. Olhe direto nos olhos dos seus medos. Aja racionalmente.

3-Aprenda como falar consigo mesmo de forma construtiva. Construa uma nova crença a respeito de seu medo.

4- Mude seu comportamento. Aprenda a desacelerar suas reações e definir o que está realmente sentindo. Aprenda a não fugir automaticamente do medo, veja o medo não como algo que ameace a sua segurança, mas veja como algo superável.

5- Recupere a crença em si mesmo.

medo_coachingmais50.com.brpngQuando enfrentar seus medos e mudar a forma de pensar sobre eles você vai mudar a maneira que vê a si mesmo e o mundo ao seu redor. Combater o medo é aprender como sentir-se bem consigo mesmo. Ao vencer o medo não importa o que lhe aconteça, você poderá lidar os altos e baixos da vida. Você não mais fugirá, e quando enfrentar o medo pela primeira vez terá evidencias indiscutíveis de que pode fazer.

Você pode confiar em você mesmo.

Siga a seguinte ideia que pode aplicar a qualquer situação da vida:

“Tenho medo de saltar aquele muro. Porquê? Porque vou-me magoar. Penso que vai acontecer algo de negativo se saltar aquele muro. O melhor é nem tentar.”

Qual seria o oposto?

“Consigo saltar aquele muro. Porquê? Porque tenha a capacidade. Penso que algo de positivo vai acontecer se saltar aquele muro. Vou tentar.”

Descrevi uma situação em que está implicada a noção de fé. Pois, a fé anula o medo. Veja como:  O medo é sentir que algo vai correr mal embora não o consiga ver ainda. A fé é sentir que algo vai correr bem embora não o consiga ver ainda.

A fé, como vê, não está relacionada com religião. É um sentimento que pode substituir o medo. A fé é tão poderosa como o medo, apenas funciona para fins diferentes. Quanto mais medo tem, mais situações atrai que fazem crescer o seu medo. Quanto mais fé tem, mais situações encontra que fazem crescer a sua fé.

Portanto, tudo o que tem a fazer é mudar do “canal medo” para o “canal fé”.

Assista em nosso canal do You Tube – Coaching Mais50 , o vídeo:  Aprenda com o medo- Karen Thompson Walker – https://www.youtube.com/watch?v=-Ipx_UkI3Ro&feature=youtu.be

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.