Category Archives: 28 Dicas de Coaching+50

Dica 28/28 – Seja Feliz!

Posted on by 0 comment image

28.02.15 –  Dica 28/28 –  Seja Feliz!

felicidade_coachingmais50.com.br“Você não precisa ter sucesso para ser feliz, mas precisa ser feliz para ter sucesso” Shawn Achor

A sabedoria popular diz que se nos empenharmos teremos sucesso, e se tivermos sucesso, então poderemos ser felizes. Se pudéssemos encontrar aquele emprego dos sonhos, ter mais uma promoção, perder aqueles três quilos, a felicidade viria. Mas descobertas recentes no campo da psicologia positiva têm demonstrado que essa fórmula funciona na verdade de maneira inversa: é a felicidade que impulsiona o sucesso, e não o contrário.

Quando somos positivos, o nosso cérebro se envolve mais, torna-se mais criativo, motivado, energizado, resiliente e produtivo no trabalho. Este não é um simples mantra vazio. A descoberta foi repetidamente comprovada por rigorosas pesquisas nos campos da psicologia e da neurociência, estudos de gestão e resultados financeiros de organizações ao redor do mundo.

 O Estudo Científico da Felicidade, chamado de “a ciência da hedônica” foi cunhada pelo psicólogo Daniel Kahneman, que ganhou o prêmio Nobel da Economia em 2002. De acordo com estudos dessa nova disciplina, até certo nível de riqueza, o sucesso material de fato traz mais felicidade. Por exemplo, quando uma pessoa progride de um estado de absoluta pobreza e miséria até o atendimento de suas necessidades de sobrevivência, e desse nível de sobrevivência até uma vida confortável, e depois de uma vida confortável até certo grau de luxo, sua felicidade de fato aumenta. Contudo, após certo ponto, mais bens materiais não trazem mais satisfação.

O psicólogo Martin Seligman, professor da Universidade da Pensilvânia, um dos fundadores do movimento de Psicologia Positiva, e sua equipe pesquisaram os ensinamentos de Aristóteles, Platão, São Tomás de Aquino, Buda, Confúcio, Lao-tsé, Benjamin Franklin, além dos textos do Talmude, do Antigo e Novo Testamento, do Código Samurai e do Corão.                             

Para surpresa dos pesquisadores, praticamente todos os pesquisados, ao longo de 3 mil anos, endossavam as mesmas virtudes: sabedoria e conhecimento; coragem; amor e humanidade; justiça; temperança (autocontrole); espiritualidade e transcendência .importa, a esta altura, são os chamados “fatores não materiais”, tais como companheirismo, famílias harmoniosas, relacionamentos amorosos, e uma sensação de se viver uma vida significativa

Na última década, um número cada vez maior de cientistas e especialistas têm se esforçado para decifrar os segredos da felicidade. Querem entender o que o ser humano sente, saber o  que as pessoas dão valor, e os neurocientistas querem ver como o cérebro humano reage a recompensas, etc.  Atualmente, mais de 200 estudos científicos, envolvendo 275 mil participantes, comprovam que a felicidade proporciona uma vantagem competitiva ao seu cérebro e à sua organização.

Diante do exposto, podemos concluir que o interesse pelo estudo da felicidade vem crescendo, em todo o mundo. Atualmente, o curso mais concorrido da melhor universidade do mundo, aborda o tema felicidade, baseado em pesquisas na área da psicologia positiva, que enfatiza a resiliência e as atitudes positivas. O curso da Harvard é desenvolvido pelo especialista Shawn Achor, autor do livro – O jeito HARVARD de ser feliz.

Este livro não discute apenas como ser mais feliz, trata de nos ensinar a colher os frutos de uma atitude mental mais positiva que proporcione efeitos extraordinários no nosso trabalho e na nossa vida, sendo leitura obrigatória para todos aqueles que buscam a excelência em um mundo onde a carga de trabalho, o estresse e o negativismo estão cada vez maiores.

Há uma lista de 15 coisas que, se você desistir de todas elas, isso vai fazer sua vida ficar muito, muito mais fácil e muito, muito mais feliz.

  1. Desista da sua necessidade de estar sempre certo
  2. Desista da sua necessidade de controle
  3. Desista da culpa
  4. Desista da sua conversa interior derrotista
  5. Desista das suas crenças limitantes – Abra suas asas e voe!
  6. Desista de reclamar
  7. Desista da luxúria das críticas
  8. Desista da sua necessidade de impressionar os outros
  9. Abandone a sua resistência à mudança
  10. Desista das etiquetas
  11. Desista dos seus medos
  12. Desista das suas desculpas
  13. Desista do seu passado
  14. Desista do apego
  15. Desista de viver sua vida através das expectativas de outras pessoas

 

Você quer ser mais feliz? Comece cuidando melhor de si mesmo. Por mais que isso seja evidente, muitas pessoas pulam esse passo e tentam ser contentes buscando novas metas ou estabelecendo padrões de perfeição.

Ser gentil com si mesmo pode lhe aproximar a objetivos mais sofisticados, segundo o Daylle Deanna Schwartz. A autora de mais de 15 livros, incluindo “The Effortless Entrepreneur” (em português, Empreendedor Sem Esforço), acredita que é se valorizando que se constrói a confiança.

Para Daylle, pessoas mais alegres desviam seus caminhos para cuidarem de si mesmas e dizem não quando é necessário. “Quando você se ama, aprende que negar fazer algo é um ato importante para não acumular sentimentos negativos”, diz.

Confira as 10 dicas da escritora, listadas para você ser mais feliz todos os dias.

  1. Faça uma coisa boa para si mesmo por dia
  2. Perdoe-se
  3. Aceite-se como você é
  4. Elimine pessoas nocivas
  5. Priorize a saúde
  6. Pare de pular refeições
  7. Respire!
  8. Tenha um espaço aconchegante
  9. Tome um pouco de Sol
  10. Presenteie-se com produtos de qualidade

 

Eu complementaria esta lista  com outras 6 atitudes que com certeza lhe farão mais feliz: 

1.Seja Grato(a) – a gratidão é a chave da felicidade, apenas o sentimento de gratidão é capaz de aumentar sua satisfação geral com a própria vida. Um dos exercícios mais recomendados é anotar, diariamente, três coisas pelas quais você ficou grato naquele dia

2. Celebre suas conquistas – a Celebração é a experiência máxima da gratidão, é viver com entusiasmo em estilo de vida abundante.  As pessoas que celebram em todas as áreas são mais felizes, conquistam mais plenitude, sucesso e prosperidade em suas vidas. Quanto mais tempo durar estas celebrações, mais sentimentos de conquista teremos e estes destruirão qualquer resquício de “não merecimento”. 

3. Medite – Meditar não apenas te deixa mais focado, calmo e produtivo. Parar alguns minutos por dia para esvaziar o cérebro, comprovadamente, pode te fazer mais feliz, imediatamente e a longo prazo. Estudos mostram que, minutos depois de meditar, há um aumento nas sensações de calma, contentamento, na percepção e na empatia.

4. Mexa-se – Muitos estudos mostram que quem pratica exercícios físicos é mais feliz – trata-se, inclusive, de uma estratégia comprovada para superar a depressão.

As pessoas que se exercitam se sentem muito mais satisfeitas com o corpo, mesmo quando não há mudanças físicas aparentes. Sem contar a parte que você já conhece: exercício físico desencadeia no cérebro a liberação da endorfina, que alivia a sensação de dor muscular e cujo nome vem de endo + morfina. É conhecido, não à toa, como hormônio do prazer: uma droga natural.

5. Seja solidário – Fazer os outros felizes é fórmula garantida para aumentar seus níveis de satisfação e felicidade. Em vários estudos, conduzidos em épocas e por pesquisadores diferentes (como esse, por exemplo) cientistas observaram que participantes eram mais felizes depois de comprar algo para outra pessoa do que para si mesmo. Ajudar os outros de qualquer maneira é um método comprovado de trazer satisfação pessoal e felicidade.

6. Ame muito – a única coisa que realmente importa na vida são seus relacionamentos com outras pessoas, não só de relacionamentos amorosos, mas de seus amigos e da sua família,

 

Dica 27/28 – Faça a Lei da Atração Funcionar a Seu Favor

Posted on by 2 comments image

27.02.25 – Dica 27/28 – Faça a Lei da Atração Funcionar  a Seu Favor

aleidaatração_coachingmais50.com.brPara o Universo conspirar ao seu favor, ou seja para conseguir que a Lei da Atração lhe ajude a realizar seus desejos, você precisa primeiro aprender a controlar a sua vibração, ou seja, como fazer suas moléculas de energia, seu corpo vibrar na mesma frequência daquilo que você deseja.Esta é a informação mais valiosa que você pode aprender sobre a Lei da Atração, se você praticar o que vamos lhe mostrar nesta Dica, você sentirá sua vida começar a mudar ainda hoje.

Tudo que existe, no Universo, é energia que vibra em uma determinada frequência. As energias que vibram na mesma frequência acabarão atraindo umas às outras. É por isso que pessoas que gostam de se queixar da vida estão sempre perto umas das outras; pessoas que gostam de prosperar e falar em dinheiro, estão sempre perto umas das outras; pessoas cultas têm relação com pessoas cultas e pessoas com pouca cultura não conseguem se relacionar com pessoas que tem um elevado nível de cultura.  Isto ocorre porque o pensamento, a vibração dessas pessoas é totalmente diferente.

Semelhantes se atraem, então, você sempre estará cercado (a) ou ao redor de pessoas que vibram na mesma frequência que você. Não há como negar.

Para que você consiga atrair alguma coisa para a sua vida, você precisa estar vibrando na mesma frequência dessa coisa desejada, e é aí que o problema começa, pois são pouquíssimas pessoas que sabem como fazer isso. São raras as pessoas que sabem como mudar a sua vibração para vibrar na mesma frequência daquilo que elas querem. Mas vamos te ensinar isso agora!

 A primeira coisa que você precisa fazer é descobrir exatamente o que é que você quer para a sua vida. Depois, você precisa criar, em sua mente, uma imagem vívida para esse desejo. Colocar-se em um estado de vibração que seja capaz de atrair para você aquilo que você deseja.

Mas qual é esse estado de vibração e como você consegue fazer isso?  Eis o segredo!

Para que você coloque-se em um estado de vibração igual ao do seu desejo, VOCÊ PRECISA APRENDER A SENTIR O SEU DESEJO COMO JÁ REALIZADO.

Preste atenção! Nós não estamos dizendo imaginar, nós estamos dizendo SENTIR.

Os 3 dígitos da senha da Lei da Atração são conhecidos como PEDIR, ACREDITAR e RECEBER.

O primeiro dígito do código da Lei da Atração é PEDIR. Tem gente que acha que pedir é algo que você faz em um ou outro momento do dia. É importante você entender que TUDO o que passa pela sua cabeça significa pedir. Não importa se é um banner, um outdoor, novela, filme, livros. Tudo que entra na sua mente, você está pedindo.

Naturalmente, cada pedido seu é uma gota. Esta gota vai enchendo a vasilha. Um dia, ela vai transbordar e virar as gotas que você colocou, ela vai manifestar os pedidos que você colocou. Tudo aquilo que você está fazendo, neste instante, passa pela sua mente, pelo seu pensamento, e tudo que você pensa, você está pedindo. Tudo que você lê, vê, escuta, fala… Você está pedindo. Portanto, PEDIR É PENSAR.

A Lei da Atração não é algo que você pede aqui e ali, mas sim TUDO o que passa pela sua cabeça.

O segundo dígito do código da Lei da Atração é ACREDITAR, mas muita gente acha que acreditar é algo que você faz racionalmente. Isto é um equívoco. Não basta ficar repetindo “Eu acredito, eu acredito, eu acredito”. Até porque a Lei da Atração é uma lei universal. Ninguém diz, por exemplo, que acredita na Lei da Gravidade) porque não é necessário. Ela age o tempo todo, mesmo que você não saiba ou não acredite. A lei existe, independente da sua crença.

Em vários idiomas, acreditar tem dois sentidos, um é o racional e o outro é o emocional. Por exemplo: Tem gente que diz que acredita em Deus, outros dizem que sentiram Deus.

Não adianta você pensar em algo se você não está emocionalmente envolvido. O pensamento, por si só, não gera resultados. Para atrair é necessário que os pensamentos andem casados com os sentimentos.

Se você assiste um filme e seu coração começa a bater mais rápido, se você começa a se emocionar com as cenas, neste instante, independente do fato da sua razão dizer que é apenas um filme com atores que estão representando, você sente, portanto, naquele momento você está acreditando e atraindo, pois, para a Lei da Atração, ACREDITAR É SENTIR.

O terceiro dígito é RECEBER. Neste terceiro dígito tem uma coisa que muitas pessoas têm dificuldade de entender. Receber não é ficar sentado, inerte, imóvel, parado, sem movimento. Não basta querer, é preciso agir. Uma pessoa adulta não aprende sem ação. A ação é a parte primordial neste contexto, tanto no início quanto no fim do que você quer.

Agir sempre é correr atrás da bola. Nenhum jogador que acredita que pode fazer o gol, fica parado. Ele vai até onde ele acha que a bola vai ser entregue para correr e fazer o gol. Você precisa ir atrás da bola.

O pensamento cria, o sentimento atrai e a ação realiza. Quando você visualiza, em sua mente, a imagem daquilo que você deseja, você está criando. Isso é pensar, isso é pedir. Quando você sente a emoção do seu desejo já realizado, você está atraindo aquilo para a sua realidade, para a sua vida. Isso é acreditar. Quando você age na direção do seu desejo, você está se colocando na posição adequada, na direção do seu desejo. Isso é receber. Com a junção desses 3 passos, o seu sonho é realizado.

Pensar ou apenas visualizar não adianta. É o sentimento que atrai. Por isso, nós sempre lembramos que você deve selecionar com cuidado o que você ouve, vê ou lê, pois mesmo que você saiba que aquilo não é real, se aquilo provoca uma emoção, se provoca qualquer tipo de sentimento em você, então, você está atraindo aquilo para a sua experiência, para a sua realidade, para a sua vida.

O que muda a vibração do seu corpo não são os seus pensamentos, SÃO OS SEUS SENTIMENTOS. Sentir é acreditar. E a única forma de você vibrar na mesma frequência daquilo que você deseja é acreditar de todo o coração que você já possui o objeto do seu desejo em suas mãos, ou seja, ter certeza absoluta de que aquilo que você quer que aconteça não é apenas um sonho, mas já é uma realidade em sua vida.

Você precisa acreditar que já possui aquilo que deseja, porém, não é para fingir que sente, é para sentir de verdade. É aqui que a grande maioria das pessoas falha. Mas você não vai falhar porque vamos lhe explicar como fazer isso. qui está o “pulo do gato”: O seu subconsciente não sabe o que é verdade e o que é mentira.

Tudo o que o seu consciente ouve, vê ou lê, o seu subconsciente aceita como verdade absoluta. Ele também não tem noção de tempo. Se você lembra de algo, você está revivendo a mesma emoção. Para o seu subconsciente, isso está acontecendo agora, é presente, ele não percebe que é passado. Seu subconsciente não distingue o que é real e o que é imaginação. É aqui que a “mágica” acontece, pois se você começar a se envolver emocionalmente com o seu sonho, imaginando que ele já se realizou e associando a isso uma forte emoção, o seu subconsciente não irá saber que isso é uma mentira, uma imaginação, ou melhor, ele não irá perceber que isso não é presente, mas sim futuro. Portanto, ele fará com que você vibre na mesma frequência que vibrará quando de fato tiver o seu sonho realizado.

Mas, neste momento, surge outro problema: Muitas pessoas têm dificuldade de fazer isso porque não são muito boas de imaginação. Mas nós vamos lhe ensinar um truque para que você consiga fazer isso :  Lembre-se de alguma coisa maravilhosa que lhe aconteceu no passado. Não uma coisa que lhe fez sentir-se alegre ou feliz, mas sim uma coisa fantástica, que lhe fez sentir-se radiante, no auge, o (a) maior, o (a) melhor, o centro de tudo. Lembre-se da melhor e mais importante coisa que aconteceu em sua vida, o auge. Todos nós temos um momento, em nossa vida, que foi o auge. Lembre-se desse momento.

Agora, comece a pensar sobre isso. Reviva, em seus pensamentos, tudo o que você viveu naquele momento. Reviva em primeira pessoa, como se estivesse vivendo agora. Veja de dentro de você, com seus olhos, como você viu da primeira vez. Sinta tudo que você sentiu. Sinta exatamente a mesma emoção. Se existe um momento em que você realizou algo, em que você conquistou algo que era importante para você, naquele momento, que você atingiu uma meta imensa ou ganhou um presente que queria muito, reviva tudo isso. Ouça os sons, sinta o cheiro, o gosto… Reviva exatamente o que você viveu e sinta novamente a mesma emoção.

Quando você estiver vibrando nesta frequência, pense sobre o seu sonho, visualize a imagem daquilo que você deseja atrair para a sua vida, e agradeça, neste estado de espírito, por ter conseguido isso. Neste estado de euforia, agradeça por seu sonho ter se realizado porque o seu desejo é real.

Veja, em sua mente, que toda essa alegria é porque o seu sonho se tornou realidade. Transfira toda esta euforia daquilo que te aconteceu, em seu passado, para este desejo atual, como se ele já estivesse em suas mãos, já tivesse se realizado. Transfira esta alegria para a emoção de ter realizado o seu sonho. Esta vibração vai atrair tudo o que você deseja.

Agradeça com toda a convicção que isso é real, pois acredite, isso é real. Você apenas ainda não pode ver com os seus olhos físicos. Se você fizer isso durante certo tempo, sem vacilar, sem duvidar, sem desanimar, pode ter certeza de que coisas incríveis irão acontecer em sua vida. Faça isso e sua vida nunca mais será a mesma!

Não existe nada mais poderoso que o poder do seu sentimento e o poder da gratidão por algo que você sabe que só existe na sua mente, mas que logo se manifestará no plano físico e existirá na realidade.

Envolva-se com as coisas que você quer, comprometa-se com isso. Envolva-se com coisas que façam com que você se sinta bem, sinta-se feliz. Envolva sua vida com seus sonhos e, certamente, eles serão realizados.

Créditos: Marcos Trombetta – https://vibraraapi.wordpress.com/2014/10/17/como-fazer-a-lei-da-atracao-funcionar-100-a-seu-favor/

Leia ou Releia o Livro O Segredo e  Assista o filme O Segredo 

Dica 26/28 – Crie sua realidade!

Posted on by 0 comment image

26.02.15 –   Dica 26/28 – Crie sua realidade!

criesuarealidade_coachingmais50.com.brjpgTudo é energia!  Há uma conexão entre a energia, nossos pensamentos e o mundo da matéria que nos cerca. Toda matéria é feita de átomos e cada átomo tem um núcleo, contendo prótons e nêutrons, em torno do qual orbitam os elétrons. A lei da atração não é um termo fantasioso ou uma mágica esotérica. A lei da atração é uma lei universal, uma energia que nos cerca e que obedece à ciência da física. O Universo e a realidade são formados, puramente, por energia e esta energia se manifesta como onda. Nossos pensamentos são forças eletromagnéticas que atraem tudo aquilo que pensamos.

É uma lei da natureza segundo a qual cada átomo do seu ser está constantemente respondendo, quer você saiba disso ou não. Recentes descobertas científicas estão corroborando várias “crenças” sobre a força do pensamento positivo na criação da realidade em que vivemos.

Os pensamentos geram ondas eletromagnéticas e quando os picos de duas ondas se chocam, cria-se uma interferência construtiva. Existe uma onda de possibilidade. Esta onda se transforma em onda de probabilidade. Existem infinitas possibilidades.

Afinal, Somos seres vibracionais. Cada vibração equivale a um sentimento e no mundo “vibracional”, existem apenas duas espécies de vibrações, a positiva e a negativa. Qualquer sentimento faz com que você emita uma vibração que pode ser positiva ou negativa.

EXEMPLOS DE SENTIMENTOS QUE GERAM VIBRAÇÕES POSITIVAS: Paz, alegria, amor, entusiasmo, gratidão, abundância, esperança, conforto, confiança, afeição.

EXEMPLOS DE SENTIMENTOS QUE GERAM VIBRAÇÕES NEGATIVAS: Desapontamento, solidão, falta, tristeza, confusão, estresse, raiva, mágoa.

A cada momento, você vivencia um sentimento. Neste exato momento, o sentimento que você está vivenciando faz com que seja emitida uma vibração positiva ou negativa e a Lei da Atração está respondendo à vibração que você está emitindo, se harmonizando com sua vibração, dando-lhe mais dessa mesma coisa, seja ela positiva ou negativa.

Por exemplo: Quando uma pessoa acorda, numa segunda-feira de manhã, sentindo-se um pouco mal-humorada e irritada, está emitindo uma vibração negativa. E, enquanto ela emite essa vibração negativa, a Lei da Atração responde, harmonizando-se com a vibração que está sendo emitida, enviando-lhe mais da mesma coisa. Assim sendo, essa pessoa se levanta da cama, dá uma topada, deixa a tampa da pasta de dente cair no ralo da pia, deixa o creme dental cair da escova de dente, deixa a torrada queimar, o pneu do carro fura, perde o trem, fica presa em um engarrafamento, o ônibus passa do ponto, enfrenta uma fila quilométrica no banco, tem um cliente que cancela o compromisso e, no fim, vai acabar dizendo: “Hoje eu não deveria ter saído da cama!”

Outro exemplo seria  da situação oposta, é  um vendedor, animadíssimo com o grande negócio que acabou de fazer e emitindo, portanto, uma vibração positiva. Pouco depois, surge uma segunda venda excelente. Ele dirá a si mesmo: “Estou numa maré de sorte!”

Em ambos os casos, a Lei da Atração está em ação, expandindo e orquestrando tudo o que precisa acontecer para trazer uma maior quantidade da mesma coisa, seja ela positiva ou negativa.

As vibrações positivas são mais altas, enquanto as negativas são mais baixas. Quando você vivencia um sentimento frequentemente ou mantém um sentimento por muito tempo, ele se torna padrão.

A tabela abaixo representa a Escala de Padrões:

008-escala-de-padrc3b5es

Para atrair qualquer coisa que você deseje, é necessário que seu padrão esteja alto como Amor ou acima. Se o seu padrão está baixo, como Raiva ou abaixo, ele bloqueia sua conexão com a Fonte que leva tudo o que você deseja até você, portanto, seus desejos não podem ser realizados, então, é necessário que você apague suas crenças e julgamentos.

Mude Sua Vibração Para Mudar Sua Vida

Se você não conseguir ver as coisas como elas são, você não irá acessar o plano casual onde todas as coisas podem ser alteradas porque tudo que você pode ver é o efeito do que você mesmo criou através dos seus pensamentos, crenças, ideologias e todo julgamento que você comprou de alguém e, então, esses pontos de vista criam sua realidade e é por isso que sua vida é da forma que é.

As crenças limitantes e julgamentos formam bloqueios que impedem que você realize seus desejos. Se estes padrões forem apagados, você pode mudar sua vida.

Para atrair tudo que você deseja e conseguir tudo o que quer, a primeira e principal coisa que você precisa fazer é manter a sua vibração elevada. (em alinhamento com  à Fonte de Energia)

Você pode mudar sua realidade mudando a frequência dos seus pensamentos e coisas que você deixa entrar em seu campo energético todos os dias.

Os objetos são feitos de matéria. Abaixo da matéria há átomos, moléculas, prótons, nêutrons e energia da fonte que permeia e mantém tudo unido. Neste Planeta, existe uma coisa chamada polaridade que é onde se desdobram as qualidades de energia:

Assim como a temperatura pode transformar o gelo em água e a água em gás, nós temos elétrons e nêutrons, que têm polaridade negativa, mas podem ser alterados para prótons, que tem polaridade positiva. Tudo tem um positivo e negativo, e há uma energia da fonte que mantém tudo unido.

À Princípio para muito complicado mesmo, manter- se “no controle” de sua  Escala de Padrões,  mas quanto entendemos como funciona essa lei universal  fica mais fácil entender que o Bem-Estar é a base de se Universo. O Bem-Estar é a base de Tudo-Que-É. Ele flui para você e através de você. Você tem apenas que permitir. Semelhante ao ar que você respira, você tem apenas que abrir, relaxar e trazer para o seu Ser.

Quando você está conscientemente atento de seus próprios pensamentos e você deliberadamente os emite, então você é o criador deliberado de sua própria realidade – e é isso que você pretendia quando tomou a decisão de vir para esse corpo físico. Seus desejos e crenças são apenas pensamentos: “Peça e lhe será dado.”

Você pede através de sua atenção, através do querer, através de seu desejo – esse é o pedir (deseje você que aconteça ou deseje que não aconteça, você está pedindo…). Você não tem que usar suas palavras. Você tem apenas que sentir em seu ser “eu desejo isso. Eu adoro isso. Eu aprecio isso” e assim por diante. Esse desejo é o começo de toda a atração.

O  livro “Peça e Será Atendido”  de Esther Hicks,  e Jerry Hicks é sobre o permitir conscientemente sua conexão natural com o Fluxo do Bem-Estar :

Para entender de forma mais simples como funciona isso assista no nosso canal do You Tube Coaching Mais50 o vídeo A Física Quântica Prova que é o pensamento que cria a realidade ! http://youtu.be/dxwWGlKkaEw

Referência:https://vibraraapi.wordpress.com/2013/12/13/a-ciencia-explica-como-funciona-a-lei-da-atracao/

Dica 25/28 – Tenha uma Mente Milionária

Posted on by 1 comment image

25.02.15 – Dica 25/28 –  Tenha uma Mente Milionária

mentemilionária_coachingmais50.com.brQuero começar a Dica de Hoje com uma frase do Anthony Robbins: “Quando você agradece, o medo desaparece e a abundância aparece” E esclarecer que não é da abundância de bens materiais que brotam riquezas, mas, sim, de uma mente contente, de uma mente milionária.

Enriquecer não diz respeito somente a ficar rico em termos financeiros. É mais do que isso: trata-se da pessoa que você se torna para alcançar esse objetivo. – T. Harv Eker

O Livro “Os Segredos da Mente Milionária”, escrito em 2005, pelo americano T. Harv Eker tem como objetivo ensinar a como ficar rico mudando seus conceitos sobre dinheiro e adotando os hábitos das pessoas bem-sucedidas. O autor nos convida a rever o nosso “modelo financeiro”.

O autor mostra as diferenças de pensamento e atitudes entre as pessoas ricas e as pessoas pobres. Baseado nessas atitudes você poderá pensar em deixar de ser uma pessoa com “potencial” para se tornar uma pessoa milionária de verdade e não apenas rica financeiramente.

O livro é dividido em 2 partes. Na primeira, você aprende porque age do jeito que age em relação ao dinheiro. Na segunda, ele examina as diferenças entre o modo de pensar dos ricos e dos pobres, além de lhe indicar 17 atitudes para virar o jogo. Segundo o autor, este livro é mais sobre “desaprender” do que aprender. Ele irá lhe mostrar que a forma que pensa atualmente, tudo o que você “já sabe”, é o principal obstáculo para o seu sucesso financeiro.

Parte I

Tudo gira em função da forma como você está programado para agir. Não adianta você focar nos resultados bons se os seus resultados são produzidos por uma forma incorreta de pensar e agir. Para se alterar o que está visível você deve antes modificar o que está invisível!

Você deve entender que vive em um mundo de causa e efeito. Que o seu mundo interior cria o seu mundo exterior. Por isso primeiro precisa descobrir como se formou o seu modelo de dinheiro, que consiste numa combinação de seus pensamentos, sentimentos e atitudes em relação ao dinheiro. Normalmente sua forma de lidar com dinheiro se baseia no seguinte modelo: Pensamento – Sentimento – Ações = Resultados.

Após ler o livro, sua nova programação conduzirá a um novo pensamento, que produz um novo sentimento, que te faz agir de uma nova forma e a obter novos resultados, de acordo com o novo modelo: Nova Programação – Pensamento – Sentimento – Ações = Resultados

Mas de onde vem o seu modelo financeiro? Basicamente existem 3 influências:

1 – Programação verbal –  O que você ouvia sobre dinheiro ou pessoas ricas quando era criança? Você ouvia alguma dessas frases? “Os ricos são gananciosos”, “Poupe para os dias ruins”, “O dinheiro causa discórdia”, “Dinheiro não traz felicidade”.  Parte do seu problema pode estar aí. Se você ouviu s coisas obre dinheiro que eram ruins. E elas permanecem no seu inconsciente. Outro problema que acontece também diz respeito às emoções. Caso seu pai ache que os ricos são desonestos, você “não vai querer” ser rico para não desapontá-lo. Você continuará “pobre e honesto” e obterá a aprovação dele pois quando o seu subconsciente tem de optar entre decisões lógicas (ser rico) e emocionais(aprovação do pai), normalmente as emoções vencem.

2 – Exemplos –  Como se comportavam seus pais ou responsáveis em questões de dinheiro quando você era criança? Cuidavam bem ou mal das finanças? Eram gastadores ou econômicos? Tinham dinheiro sempre ou esporadicamente?  Se os pais tinham dificuldades, ou lidavam mal com o dinheiro, provavelmente o mesmo acontecerá com você. O que você precisa descobrir é a verdadeira razão pela qual você quer ficar rico. Caso seja baseada em medo, raiva ou necessidade de provar algo, o dinheiro não lhe trará felicidade e você acabará se livrando dele por pensar que ele é o motivo da sua angústia, pois o dinheiro não acaba com o medo ou com a raiva. O dinheiro potencializa aquilo que você é e sente.

3 – Episódios específicos – Que experiências você teve com dinheiro, riquezas ou pessoas ricas no passado? Elas podem ter moldado suas crenças – ou ilusões – que hoje governam a sua vida.

Um exemplo do autor, é que sua mulher, quando criança sempre pedia dinheiro a sua mãe para comprar sorvete. Sua mãe sempre dizia que não tinha e que deveria pedir ao pai. O pai lhe dava o dinheiro e ela comprava o sorvete, feliz da vida. Acontece que isso “ensinou” duas coisas para ela: que os homens é que têm dinheiro e que as mulheres nunca o tem.  Daí quando ela se casou, passou a pedir dinheiro para ele, seu marido e houveram vários problemas, já que ele pensava a longo prazo e ela era imediatista. Embora as estatísticas mostrem que o dinheiro é principal razão para os divórcios, podemos ver acima que é o modelo de dinheiro que gera o conflito.

O que você precisa descobrir é o que está programado no seu modelo financeiro. Você está programado para o sucesso, mediocridade ou fracasso financeiro? Para isso você precisará desenvolver 3 coisas: Conscientização, Entendimento e Dissociação.

Parte II

Nesta parte, o autor lhe explica como condicionar sua mente a produzir pensamentos alinhados com o seu objetivo de enriquecer. Por meio da “instalação de 17 arquivos da riqueza”, você poderá entender o que está errado na sua forma de pensar e reprogramar sua mente:

Arquivo de riqueza nº 1 – As pessoas ricas acreditam na ideia: “Eu crio minha própria vida”. Há uma lei universal que diz que o que focalizamos se expande, e ao reclamar você está sempre colocando o foco nas coisas que deram errado na sua vida, mude o foco para coisas boas.

Arquivo de riqueza nº 2As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder. Aprenda a mirar alto.

Arquivo de riqueza nº 3As pessoas ricas assumem o compromisso de serem ricas. As pessoas de mentalidade pobre gostariam de ser ricas.  O principal motivo que impede as pessoas de serem ricas é não saber o que querem. Para se tornar rico, você precisa evoluir em três estágios: querer, escolher e comprometer-se. O último com certeza é o mais importante, pois significa fazer qualquer coisa, legal, moral ou ética, incondicionalmente para se tornar rico, trabalhar muito mais horas por dia, sacrificar os fins de semana,  sacrificar os hobbies, etc.

Arquivo de riqueza nº 4 – As pessoas ricas pensam grande. As pessoas de mentalidade pobre pensam pequeno. Você precisa estar ciente que para se tornar rico verdadeiramente, você precisa agregar valor à vida das outras pessoas, resolver os problemas delas. Esta é a definição de empresário: uma pessoa que lucra resolvendo o problema das outras.

Lembre-se: Sua riqueza cresce à medida em que você cresce!

Arquivo de riqueza nº 5 – As pessoas ricas focalizam oportunidades. As pessoas de mentalidade pobre focalizam obstáculos. Os pobres normalmente pensam: “Isso não vai dar certo”. As pessoas de classe média avançam um pouco e pensam: “Espero que dê certo”. Já as pessoas ricas, por assumirem o controle de suas vidas, pensam: “Vai dar certo, porque eu farei com quê dê certo”. Correr riscos não significa estar disposto a perder, mas implica em tomar uma atitude e iniciar algo para que possa receber algo em troca.

Arquivo de riqueza nº 6 – As pessoas ricas admiram os outros indivíduos ricos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre guardam ressentimento de quem é rico e bem-sucedido.  Basicamente, você nunca se tornará o que repudia e por isso você precisa abençoar tudo o que deseja ter, e assim empregar pensamentos e energias positivas em sua vida.

Arquivo de riqueza nº 7 – As pessoas ricas buscam a companhia de indivíduos positivos e bem-sucedidos. As pessoas de mentalidade pobre buscam a companhia de indivíduos negativos e fracassados. As pessoas ricas admiram outras pessoas ricas e se sentem gratas por ter em quem se espelhar. Sabem que se conseguirem seguir as mesmas estratégias poderão alcançar resultados idênticos. Você precisa passar a admirá-los ao invés de criticá-los e conhecê-los ao invés de evitá-los. Agindo assim, você se tornará um deles.

Arquivo de riqueza nº 8 – As pessoas ricas gostam de se promover. As pessoas de mentalidade pobre não apreciam vendas nem autopromoção. Para ser capaz de inspirar, convencer e motivar, você precisa se vender. Duvidar da autopromoção significa, no fundo, duvidar da sua capacidade ou da qualidade do seu produto. Se você realmente acredita em algo, venda-o. Divulgue-o. Principalmente se for você.

Arquivo de riqueza nº 9 – As pessoas ricas são maiores do que os seus problemas. As pessoas de mentalidade pobre são menores do que os seus problemas. Os problemas existirão seja você rico ou pobre. Cabe à você encará-los e crescer diante deles. A questão nunca é realmente o tamanho do problema, é o seu tamanho! Seu mundo exterior reflete o seu mundo interior.                 O objetivo é evoluir pessoalmente até ser capaz de superar quaisquer obstáculos que estejam entre você e o sucesso financeiro.

Arquivo de riqueza nº 10 – As pessoas ricas são excelentes recebedoras. As pessoas de mentalidade pobre são péssimas recebedoras. Você precisa ser grato sempre que receber algo e ainda passará a receber mais amor, paz e felicidade além do dinheiro.

Arquivo de riqueza nº 11 – As pessoas ricas preferem ser remuneradas por seus resultados. As pessoas de mentalidade pobre preferem ser remuneradas pelo tempo que despendem. Os ricos preferem ser remunerados por seus resultados. Seu tempo é limitado e, vinculando seus rendimentos ao seu tempo, automaticamente você estará limitando os seus rendimentos, caso queira ficar realmente rico abra mão do conforto e das garantias e vincule seus rendimentos aos resultados.

Arquivo de riqueza nº 12 – As pessoas ricas pensam: “Posso ter duas coisas”. As pessoas de mentalidade pobre pensam: “Posso ter uma coisa ou outra”. Você precisa entender que o dinheiro é o lubrificante que lhe permite deslizar pela vida ao invés de se arrastar por ela. Ele torna a sua vida mais fácil.

Arquivo de riqueza nº 13 – As pessoas ricas focalizam o seu patrimônio líquido. As pessoas de mentalidade pobre focalizam o seu rendimento mensal. Para se construir um patrimônio líquido substancial são necessário 4 itens: Rendimentos, Poupança, Investimentos e   Simplificação.Os ricos têm consciência que precisam se concentrar nesses quatro fatores para fazer e manter sua fortuna.

Arquivo de riqueza nº 14 – As pessoas ricas administram bem o seu dinheiro. As pessoas de mentalidade pobre administram mal o seu dinheiro. Você nunca terá mais até provar que é capaz de lidar com o que já possui. Portanto, aprenda a administrar o pouco dinheiro que você tem antes de pensar em gerir uma fortuna. 

Arquivo de riqueza nº 15 – As pessoas ricas põem o seu dinheiro para dar duro para elas. As pessoas de mentalidade pobre dão duro pelo seu dinheiro.  Troque o trabalho duro pelo trabalho inteligente. A ideia é que o seu dinheiro trabalhe em seu lugar!

Arquivo de riqueza nº 16 – As pessoas ricas agem apesar do medo. As pessoas de mentalidade pobre deixam-se paralisar pelo medo. Nossa mente é uma romancista e normalmente se baseia em dramas e desastres para criar histórias que nunca acontecerão. “Já tive milhares de problemas em minha vida, a maioria dos quais nunca ocorreram de fato”, disse Mark Twain.

Arquivo de riqueza nº 17 – As pessoas ricas aprendem e se aprimoram o tempo todo. As pessoas de mentalidade pobre acreditam que já sabem tudo. Abra sua mente e tente aprender algo novo sempre.  Você precisa também procurar desenvolver a si mesmo, afinal você é a raiz e a sua riqueza os frutos.  

A questão principal não é ganhar apenas dinheiro. Você precisa crescer internamente para comportar sua riqueza. Precisa ser bem sucedido por dentro e por fora.

Dica 24/28 – Seja flexível

Posted on by 0 comment image

24.02.15 –  Dica 24/28 – Seja flexível

A-importancia-de-ser-flexivelNão há que ser forte. Há que ser flexível”. É clássica e muito apropriada uma máxima do pensamento taoísta que anuncia que, em noites de tempestade, as árvores rígidas são as primeiras a quebrar, enquanto as finas e flexíveis se curvam e deixam o vento passar, como o é o caso do bambu que enverga nas tempestades mas não quebra contra o vento.

Outro exemplo de flexível é o instinto da tarântula ao tecer sua teia. Esta aranha prende as pontas de sua teia em pequenas plantas ou em ramos flexíveis. Dessa forma, quando o vento sopra contra, sua teia não se rompe, pois sua base não é rígida. Na flexibilidade de suas bases está a firmeza.

E você até que ponto você é realmente flexível? Até onde vai sua capacidade de se relacionar com pessoas diferentes do seu padrão?  E nos seus relacionamentos familiares? O quanto você se adapta às mudanças em sua organização, em seus relacionamentos com seus subordinados e seus clientes? Até que ponto a falta de flexibilidade pode estar comprometendo seu desempenho?

Hoje, o mundo dos negócios é o dos ventos fortes, das turbulências. Sem flexibilidade nenhuma estratégia terá poder suficiente para evitar graves rupturas. Ser flexível é fundamental em todas as fases da carreira.

Flexibilidade não é abrir mão do que se quer, pensa ou acha justo, é negociar consigo e com o outro, tentar chegar a um acordo. Quando se abre mão das coisas sem pensar ou só para agradar, corre-se o risco de se arrepender, afinal o futuro não dá garantias de que as escolhas foram acertadas. Mas quando se sabe o que é possível tolerar, negocia-se as escolhas e aceita-se as incertezas aí sim, passa a existir alguma chance.

A flexibilidade, quando compreendida e praticada, torna-se uma das melhores estratégias de sobrevivência na vida pessoal e nos negócios. Ser flexível é um poderoso diferencial na busca da concretização de objetivos.  Em um mercado altamente competitivo, exigente e sedento por inovações, somente uma postura flexível nos permitirá a agilidade e adaptabilidade necessária à longevidade dos negócios.

Se a sua única ferramenta for o martelo, Você tende a tratar tudo como se fosse prego.” (Maslow)

Uma pesquisa feita nos EUA apontou que mais de 80% de falhas e acidentes, que ocorrem durante um dia de trabalho, não ocorrem por causa da capacidade técnica das pessoas, mas, na verdade, devido a conflitos interpessoais. Sabemos o quanto a personalidade da pessoa influencia em sua relação com os outros e na maneira como os sentimentos são comunicados.

A pesquisa também demonstra que as pessoas que mais eficazes são aqueles que possuem um conhecimento de si mesmos, de seus pontos fortes e fracos e, com isso, ter a possibilidade de desenvolver estratégias que lhes permitam atender às demandas, entenderas necessidades de trabalho e alcançar o sucesso.  Quando o comportamento da pessoa está prejudicando os seus ambientes familiares, sociais e de trabalho, a pessoa pode e deve moldá-los, de modo a reduzir as tensões e conviverem melhor, pois toda a pessoa que inflexibiliza seu perfil está fadado ao fracasso.

E na Dica de hoje,  eu quero partilhar com vocês uma fantástica ferramenta de desenvolvimento humano, que conheci nos EUA – o Perfil de Comunicação  SOAR,  que já está sendo aplicado no Brasil também, e que fez uma enorme diferença na minha vida e por isso recomendo aos amigos, com a certeza que o SOAR  os auxiliará  a  conquistar a  tão  almejada flexibilidade.

O SOAR é uma avaliação computadorizada comportamental  objetiva,  rápida e precisa que ajuda as pessoas a compreenderem melhor a maneira como se comportam, sua comunicação, estilos de liderança, motivadores e desmotivadores, níveis de energia e sua adaptação ao ambiente de trabalho. Ele tem obtido níveis de 86,5% de margem de precisão em suas aplicações em uma amostra de 5.000 pessoas nos Estados Unidos, Canadá e América Latina e foi aplicado a mais de um milhão de pessoas de diferentes culturas nos Estados Unidos, América Latina Europa, Ásia e Oriente Médio.

Esta poderosa ferramenta pode ser utilizada para revelar motivações pessoais, mas também pode ser aplicável em casamento, família, grupos, liderança escolar e no ambiente interno das empresas.  O SOAR foi usado com sucesso por centenas de empresas em todo o mundo, tais como AT&T, Darden Restaurants, Marriott Corporation, Hallmark Cards, Compaq Computers, CEMIG, HSPA, as Forças Armadas dos EUA e Wizard, entre outros, em mais de 45 países e seria excepcional se todas, ou boa parte delas, empresas pudessem aplicar o SOAR em seus funcionários, pois é fundamental celebrar a individualidade em cada pessoa e incentivá-la a crescer, aprendendo mais a cada dia sobre ela e sobre os outros.

Para nos comunicarmos de forma efetiva, precisamos estar conscientes de como as pessoas interagem entre si. O significado de cada palavra está baseado na percepção que cada pessoa possui. Da mesma maneira que assumimos que nossa mensagem foi claramente entendida, também assumimos que, se algo for importante para nós também será importante para a outra pessoa ou, que todo mundo vê o mesmo problema, da mesma forma, mas quando entendemos as diferentes percepções – filtros – vemos como duas pessoas podem ter uma conversa e criar opiniões totalmente diferentes do que foi dito, o que pode gerar muitos conflitos.

Por isso é tão importante reconhecer quando o estilo de alguém não corresponde ao seu, pois assim mesmo que você não possa mudar seu estilo, pode adaptar o seu comportamento para melhor combinar com o estilo da outra pessoa. A flexibilidade é a chave para uma comunicação efetiva e para trabalho em equipe, porque quando somos flexíveis temos a habilidade de adaptar o nosso comportamento, de modo a assegurar as reações de outras pessoas, reconhecendo que as necessidades dos outros são diferentes, mas tão importantes como a suas.

Nosso processo de flexibilização está sujeito às diversas nuances apresentadas pelas diferentes fases do nosso amadurecimento. Em geral, colecionamos tensões, traumas e conflitos que se tornam “excesso de bagagem” e prejudicam a expressão de uma maior flexibilidade. Muitas vezes somos inflexíveis na ingênua tentativa de defender nossas crenças e valores. Se por um lado os traumas e conflitos nos enrijecem, por outro vão, aos poucos, nos conscientizando, por meio dos problemas que criam, da importância de aprendermos a ser mais flexíveis!

O SOAR avalia com precisão o seu estilo de comunicação atual em quatro características principais: Dominância, Extroversão, Paciência e Analítica. Importante observar que apesar de cada pessoa ter um estilo dominante, todos nós temos um padrão único, que é uma combinação dos quatro estilos. Nenhum é melhor ou pior do que os outros, cada estilo possui forças potenciais e fraquezas. Além de informarmos que existem enormes diferenças individuais em cada estilo, é primordial lembrarmos que as pessoas são muito mais que seus estilos, pois seus valores, crenças, experiências, idiossincrasias, etc têm grande influência sobre a maneira como elas se comportam.

Conhecendo os perfis das pessoas, principalmente no ambiente empresarial, pode ser bastante eficaz para a pessoa que entender que toda empresa mistura diferentes tipos de estilos, e essa “mistura” pode resultar em conflito, se não formos flexíveis. Pois se por um lado, existem pessoas com perfis similares aos nossos, aquelas que você se dá bem mais facilmente, pois parece haver “sintonia” e você desenvolve uma afinidade imediata; por outro lado, há outras que são completamente diferentes da gente e portanto de difícil sintonia e nesses casos um bom grau de flexibilidade é algo extremamente importante, um dos principais atributos para conseguir resultados expressivo

O SOAR é uma ferramenta que auxilia, de modo eficaz e eficiente, o desenvolvimento das competências Liderança e Flexibilidade, pois é primordial que os Gerentes efetivos façam o que sua equipe precisa que seja feito, da melhor forma possível; da mesma forma que os Líderes efetivos façam o que sua equipe precisa que se faça, e como deve ser feito, atingindo os melhores resultados com os recursos existentes.

No âmbito gerencial, ser flexível é condição para tornar o trabalho uma fonte de prazer e realização profissional e pessoal, adaptando as práticas organizacionais às constantes mudanças de cenário. Líderes com boa inteligência emocional tendem a serem flexíveis e ao tratar com pessoas muito diferentes deles, apesar de difícil entrosamento, a princípio, devido a maior dificuldade de estabelecer “rapport” e confiança, se esforçarão para adaptar seu comportamento àqueles liderados.

Sabemos que as diferenças entre as pessoas não são a única fonte de mal entendidos e conflitos. Com autoconhecimento e conhecimento do perfil da outra pessoa, se houver flexibilidade, é possível fazer com que as diferenças sejam benéficas e não contrárias.

Se quiser conhecer mais sobre essa ferramenta leia na aba tese = artigos – Trabalho – itens 4.3.1 e 4.3.2 ou acesse o site do SOAR: http://www.soargi.com/

Se quiser ainda outras informações  ou se submeter à aplicação do SOAR, entre em contato comigo  pelo contato@coachingmais50.com.br

 

Dica 23/28 – Aprimore sua Inteligência Espiritual

Posted on by 0 comment image

 23.02.15 – Dica 23/28 – Aprimore sua Inteligência Espiritual

QS o ponto de Deus_coachingmais50.com.brO início do século XX lançou a ideia do Quociente de Inteligência (QI). Quanto maior o QI do indivíduo, dizia a teoria, maior sua inteligência. Em meados dos anos 90, Daniel Goleman demonstrou que a Inteligência Emocional (QE) reveste-se de igual importância. E fechando o milênio, a ciência aponta para um Terceiro Quociente, o Espiritual.

Em seu livro QS – Inteligência Espiritual, a física e filósofa americana Dra. Dana Zohar e o Dr.Ian Marshal apresentam o Quociente Espiritual(QS) e mostram que, com este novo conceito, a descrição total da inteligência humana pode ser finalmente completada. O QS é a fundação necessária para o funcionamento eficiente do QI e do QE. É a nossa inteligência final. É com ela que abordamos e solucionamos problemas de sentido e valor; que podemos pôr nossos atos e nossa vida em um contexto mais amplo e com a qual avaliamos se uma ação faz mais sentido do que outra. É esse poder transformador que diferencia o QS do QE, por exemplo.

O QS está ligado à necessidade humana de ter propósito na vida, é ele que usamos para desenvolver valores éticos e crenças que vão nortear nossas ações. Os cientistas descobriram que temos um “Ponto de Deus” no cérebro, uma área nos lobos temporais que nos faz buscar um significado e valores para nossas vidas. É uma área ligada à experiência espiritual.

QI, QE e QS – Dra. Dana explica que tudo que influencia a inteligência passa pelo cérebro e seus prolongamentos neurais. Um tipo de organização neural permite ao homem realizar um pensamento racional, lógico, dá a ele seu QI, ou inteligência intelectual. Outro tipo permite realizar o pensamento associativo, afetado por hábitos, reconhecedor de padrões, emotivo. É o responsável pelo QE, ou inteligência emocional. Um terceiro tipo permite o pensamento criativo, capaz de insights, formulador e revogador de regras. É o pensamento com que se formulam e se transformam os tipos anteriores de pensamento. Esse tipo lhe dá o QS, ou inteligência espiritual. O QI fica localizado no lado esquerdo do cérebro, o QE fica localizado no lado direito no cérebro, enquanto o QS abrange o cérebro inteiro.

É preciso distinguir o QS de religião, pois mesmo pessoas que não são cristãos ou católicos acreditam no Ponto de Deus.  A  distinção é que Religião que é aquilo que a pessoa vive em sua vida e a Espiritualidade é um passo além da religiosidade.

Podemos citar vários exemplos do que a carência de inteligência espiritual e auto sabotagens decorrentes das fraturas emocionais e espirituais podem ocasionar na vida das pessoas: o francês Zinedine Zidani e sua cabeçada jogador italiano Materazzi nas finais da Copa de 2006, Bill Clinton e seu suicídio político ao trair a esposa e mentir para toda à nação americana.  Ainda, sem citar nomes, conhecemos vários empresários e banqueiros brasileiros, que atingiram sucesso financeiro e profissional mas não tem brilho no olhar, não demonstram alegria de viver, talvez tenham a inteligência intelectual muito desenvolvida mas precisam desenvolver mais a inteligência espiritual que é aquela responsável pelo significado da vida, pela felicidade, é a cereja do bolo.

No livro, a Dra. Zohar e Dr.  Marshal narram a origem e o funcionamento do terceiro quociente. Uma inteligência fundamental que, quando bem desenvolvida, garante ao indivíduo a capacidade de ser flexível, um grau elevado de auto percepção e a capacidade de enfrentar e usar o sofrimento e transcender a dor. Ainda: executar conexões entre coisas diversas e procurar as respostas que se escondem por trás dos porquês. A obra traz um guia para o leitor avaliar o seu QS e ensina o que se deve fazer para aprimorá-lo.

O líder espiritualmente inteligente é um líder inspirado pelo desejo de servir, uma pessoa responsável por trazer visão e valores mais altos aos demais e por lhes mostrar como usá-los. Está preocupado com o meio ambiente e a comunidade, é espontâneo, tem visão e valores, tem perspectivas amplas. É uma pessoa que inspira as outras. Ex: Dalai Lama, Nelson Mandela, Mahatma Gandhi.

Palavras Chaves da Inteligência Espiritual: Perdão, Gratidão, Humildade, Compaixão e Entender as outras pessoas. Assim, podemos desenvolver a inteligência espiritual tomando consciência das dez qualidades comuns às pessoas espiritualmente inteligentes e trabalhando para desenvolvê-las. Procurando mais o porquê e as conexões entre as coisas, trazendo para a superfície as suposições que fazemos sobre o sentido delas, tornando-nos mais reflexivos, assumindo responsabilidades, sendo honestos conosco mesmos e mais corajosos.

Tornado-nos conscientes de onde estamos, quais são nossas motivações mais profundas. Identificando e eliminando obstáculos. Examinando as numerosas possibilidades, comprometendo-nos com um caminho e permanecendo conscientes de que são muitos os caminhos. Dana Zohar identificou 10 qualidades comuns às pessoas espiritualmente inteligentes. Segundo ela, essas pessoas:

  1. Praticam e estimulam o autoconhecimento profundo.
  2. São conduzidas por valores humanos. São idealistas e creem na vida.
  3. Têm capacidade de encarar desafios e utilizar a adversidade a seu favor.
  4. São holísticas – têm a visão do todo integrado e a percepção da unidade.
  5. Celebram a diversidade como fonte de beleza e aprendizado.
  6. Têm independência de pensamento e comportamento.
  7. Perguntam sempre “por quê?” e “para que”. São agentes de transformações.
  8. Têm capacidade de colocar as coisas e os temas num contexto mais amplo.
  9. Têm espontaneidade de gestos e atitudes, e são equilibradas emocionalmente.
  10. São sensíveis, fraternas e compassivas

 

São 4 competências da inteligência espiritual: autoconhecimento, consciência universal, autodomínio e presença social e espiritual.

Ainda segundo Dana Zohar, os 12 princípios da Inteligência Espiritual são:

  1. Tenha pensamentos positivos, sempre.
  2. Descubra quem você é. O que me faz levantar de manhã? Para que eu vivo, por o que daria minha vida? O que me motiva para fazer coisas todos os dias? Quem eu sou realmente?
  3. Tenha humildade.
  4. Viva a compaixão.
  5. Reveja seus valores. Precisamos pensar menos em “eu, mim” e mais em “nós, nossos”. E precisamos rever nossos valores para servir uns aos outros.
  6. Viva o presente. Tire o peso do passado e das preocupações – e viva o agora!
  7. Estamos conectados, e o jeito que vivo minha vida afeta a vida do outro.
  8. Responda a uma questão fundamental: sempre perguntar por quê! Nós nos fechamos a verdade se não questionamos.
  9. Mude a sua mente, seus paradigmas, e coloque seus pontos-de-vista sob uma nova perspectiva.
  10. Valorize seus princípios, mesmo que sejam impopulares.
  11. Celebre a diversidade.
  12. Descubra a sua vocação, o seu propósito de vida e em como você pode fazer a a diferença.

Sem a Inteligência Espiritual não somos completos. Ela é o início e o fim de tudo, pois tem a capacidade de potencializar as outras inteligências (intelectual e emocional). A inteligência espiritual abre a percepção da pessoa para o sagrado, possibilitando enxergar soluções e oportunidades onde antes aparentava só haver problemas.

Quando conhecemos nossa missão, o porquê e para que nascemos, qual a razão de nossa vida, tudo fica mais fácil, mais fácil não se prender ao material, não se deslumbrar com o poder e status, não ser ganancioso ou orgulhoso, não enxergar só o próprio umbigo e viver em função da própria felicidade. Não há como sermos felizes sozinhos por mais dinheiro ou poder que tenhamos.

A grande sacada é entender que mesmo no empreendedorismo, 20% é intelectualidade (ideias racionais) e 80% corresponde a inteligência emocional e espiritual, que estas são o caminho onde o Ponto de Deus se desenvolve em nós. Este é o diferencial, agregar sentido de vida e felicidade naquilo que estão fazendo pois as pessoas com QS elevado não trabalham unicamente por dinheiro, querem sempre fazer mais do que se espera delas, algo para além da empresa.

As empresas serão bem melhores se buscarem desenvolver espiritualmente os seus funcionários, porque se eles estiverem mais motivados, mais criativos e menos estressados, produzirão mais e melhor.

Os verdadeiros líderes desenvolvidos espiritualmente, diferentes dos chefes autoritários visam somente o lucro, preocupam-se em proteger o meio ambiente, propagar educação e saúde na sua comunidade. Querem transmitir sua Visão de mundo e a Missão da empresa para seus funcionários e clientes e importam-se com a felicidade de todos.

A gratidão abre o portal para a inteligência espiritual. Analise verdadeiramente como está sua Inteligência Espiritual e a aprimore para enxergar o que não via antes, mudando sua percepção com um sentido da vida mais amplo e conquistando a felicidade.

Importante ressaltar que todo o conteúdo dessa Dica foi aprendido na aula de Inteligência Espiritual, ministrada pelo Dr. Anthony Portigliatti, no curso de Mestrado, da Florida Christian University – FCU, a quem serei eternamente grata pelos ensinamentos. 

 

Dica 22/28 – Auto motive-se diariamente

Posted on by 0 comment image

22.02.15 – Dica 22/28 –   Auto motive-se diariamente

automotivação_coachingmais50.com.brComo dizia Zig Ziglar: “As pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito do banho, por isso recomenda-se diariamente”.

 A palavra Motivação = junção de motiva + ação,  é um impulso que faz com que as pessoas ajam para atingir seus objetivos. A motivação envolve fenômenos emocionais, biológicos e sociais e é um processo responsável por iniciar, direcionar e manter comportamentos relacionados com o cumprimento de objetivos.

A motivação é um elemento essencial para o desenvolvimento do ser humano, é o que faz com que os indivíduos deem o melhor de si, façam o possível para conquistar o que almejam. É o que diferencia pessoas vencedoras de pessoas perdedoras, que continuam se mantendo na zona do conforto e sem progredir. São em geral pessoas procrastinadoras, que sempre vão começar algo amanhã, nas segundas-feiras, e nada fazem.

 A motivação pode acontecer através de uma força interior, ou seja, cada pessoa tem a capacidade de se motivar ou desmotivar, também chamada de auto motivação, ou motivação intrínseca. Há também a motivação extrínseca, que é aquela gerada pelo ambiente que a pessoa vive, o que ocorre na vida dela influencia em sua motivação.

Todos os seres humanos sempre terão algo que os deixem insatisfeitos. Existem aqueles mais presos ao passado e outros que estão com a cabeça sempre no futuro. Ambos extremos são preocupantes, pois Depressão é excesso de passado em nossas mentes, enquanto que Ansiedade é excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos os males mentais. É no Agora, no Hoje, que devemos nos auto motivar e apoderarmo-nos de nossas Vidas.

Mesmo as pessoas que são bem sucedidas na vida pessoal e profissional acham difícil ficar motivado o tempo todo e podem acabar caindo em depressão nos momentos de crise, aqueles onde parece que não importa o quão duro você tente, não importa o que você faça, você não será capaz de atingir seus objetivos. É aquela famosa sensação de insatisfação misturada com desanimo.

Felizmente para nós, não importa o quanto esteja parecendo ruim, nós não precisamos ficar desse jeito. Temos um arsenal de ferramentas poderosas à nossa disposição, que poderemos usar para ficarmos motivados, se mantermos motivados e alcançar todos os nossos objetivos.

O mais importante é ter a convicção que sua mente tem um poder incrível. Ela é capaz de despertar recursos, para que você alcance aquilo que deseja.  Você pode acessar e usar este incrível poder, para se auto motivar. Muitas pessoas acreditam que, para que sintam motivadas, precisa acontecer algo de extraordinário.  Na verdade, você não precisa de nenhum estímulo externo para se auto motivar. Não precisa acontecer nada de espetacular, apenas usando sua mente você é capaz de motivar-se.

Você deve fazer com que a sua mente trabalhe a seu favor. E não contra você. Então vamos as 4 dicas:

Dica 1Reviva as boas sensações novamente. Lembre-se de momentos em sua vida, em que se sentiu contente, satisfeito, realizado, confiante e motivado. Algo que realizou e lhe trouxe boas sensações. Entenda que você criou essas boas sensações com seus critérios pessoais que avaliar todas as suas experiências. Não são as situações que determinam como você se sente. É você mesmo, através de sua própria mente. Lembrar de experiências em que fomos bem sucedidos, é uma das melhores formas de nos auto motivarmos.

Dica 2Entenda como funciona o poder de sua mente – Você cria seus pensamentos através de imagens, sons e sensações, e também, perguntas que faz para si mesmo, e logo irá sentir-se como se sentiu naqueles momentos especiais de sua vida, o cérebro não distingue a realidade da sua imaginação e quando você aprende a manipular estes elementos, você aprende a controlar sua mente e seu comportamento. Tudo que você tem que fazer para se auto motivar, é encontrar um motivo suficientemente grande, ou vários, que te levarão a ação e estes gerarão resultados. E ai o círculo virtuoso é mantido: pois bons resultados te levarão a bons pensamentos, e depois se sentirá bem e terá vontade de fazer mais ações e consequentemente mais resultados.

ciclo-do-pensamento_coachingmais50.com.br Infelizmente, muitas pessoas realizam este processo de maneira inversa. Criam sentimentos e pensamentos negativos. Ao invés de se auto motivarem, elas criam sentimentos de tristeza, ficam cada vez mais deprimidas e sem motivação.  Uma boa dica é: escreva seus motivos no papel. Desta maneira você dará mais poder de fogo para a sua mente. Você estará visualizando seus motivos.

Dica 3 – Tenha uma Visão Definida – É necessário que você crie uma visão para a sua vida. Sua mente precisa de uma visão, para lhe fornecer recursos e se mover em direção à visão. Crie uma visão, para cada área de sua vida, para sua saúde, corpo físico e suas emoções diárias, seus relacionamentos, sua vida profissional, sua vida financeira, sua vida espiritual, etc

Para cada uma dessas áreas, deve haver uma visão especifica, com detalhes como: o tamanho da imagem, movimento, cores, brilho etc. Incluir sons e sensações, também ajudará bastante. Quanto mais envolver todos os sentidos, mais eficiente será o resultado. Desta maneira, a pessoa criará todos os sinais necessários na mente dela. É muito provável, que no final deste processo, ela se sinta automotivada, para entrar em uma academia, e realizar suas metas de acordo com sua visão.

 Portanto, devemos nos lembrar de fazer estas 3 perguntas para criar uma visão:

  • Onde você quer chegar?
  • Quem você quer ser (traços de caráter e personalidade)?
  • Quais habilidades você precisa desenvolver?

 

Dica 4 –  Criar uma estratégia, para entrar em ação. Pois de nada adianta, se sentir a pessoa mais motivada do mundo, e não agir.  Pergunte-se:  Qual é o meu propósito? Quais razões me levariam a dormir mais tarde e acordar mais cedo? Quais motivos me levarão a perseguir aquilo que desejo, de maneira apaixonante?

A chave principal, para você usar o poder da sua mente, é o propósito. Dessa maneira, você encontrará a energia necessária para se automotivar. Tudo que você precisa, é encontrar as razões certas para entrar em ação. Construa um plano de ação, que  será o seu mapa para alcançar aquilo que deseja. Sem um plano de ação, fica praticamente impossível de se alcançar algum resultado. Este plano deve ser coerente com os objetivos que deseja.

Criar objetivos impossíveis de serem alcançados, com certeza, é frustração garantida. Portanto, comece com objetivos alcançáveis. Algo que seja acessível para você. Na medida em que vai alçando pequenos objetivos, você vai cria outros maiores. Deste modo, você se sentirá cada vez mais motivado, para alcançar mais e mais objetivos.

Crie a vida que deseja, usando este enorme poder que a sua mente possui. Explore o máximo desse poder.  Não espere a motivação vir do exterior e todos os dias.faça com que hábito da automotivação se torne automático e você se sentirá cada vez mais automotivado para alcançar mais e mais resultados desejados.

Assista o vídeo de um exemplo impar de superação e automotivação, Nick Vujicic – Perspectiva, Visão e EscolhasUm vídeo impactante que nos motiva a agradecer pela vida e a querer ser uma pessoa melhor a cada dia.

No nosso canal do ou Tube Coaching Mais50 : https://www.youtube.com/watch?v=rNoawfxDUn8

Dica 21/28 – Eleve sua Autoestima

Posted on by 1 comment image

21.02.15 – Dica 21/28 –  Eleve sua Autoestima

 

autoestimaelevada_coachngmais50.com.brO amor é o alimento da alma. Assim como a comida é para o corpo, o amor é para a alma. Sem comida o corpo enfraquece, sem amor a alma enfraquece. O Amor é a razão maior de todos os seres humanos. É o que dá propósito e significado às nossas vidas.  Nascemos para nos conectar uns aos outros, para amarmos e sermos amados.

A condição de interdependência humana deixa evidente que ninguém é e nem nunca será feliz sozinho, por mais recursos e coisas que tiver a sua disposição, pois gente precisa de gente.

O ser humano para sobreviver precisa ser cuidado. As formas desse cuidar possibilitam o desenvolvimento físico-cognitivo e emocional. É na percepção de cada indivíduo que se formam os sentimentos e imagens do que é ser amado e do pertencer. Todas as pessoas, através da identificação, sentem a necessidade de fazer parte, de pertencer.  

Essa necessidade varia de intensidade e precisa se transformar através das etapas de vida, pois a fixação do pertencimento do que vem do externo é prejudicial à saúde mental. É essencial também o sentimento interno do pertencimento, de amor próprio, de merecimento e tudo começa em nós mesmos, nossa autoimagem e autoestima.

A formação da autoimagem é um dos itens fundamentais do amor. Ser reconhecido, cuidado, aceito constroem o sentimento de pertencimento. Eu me amo, eu sou amado. Para amar alguém de verdade, temos que nos amar muito antes. Não estou falando do amor egóico onde, cultuamos nosso corpo, nossas capacidades e talentos com apego. Estou falando de autoaceitação, auto respeito e autoestima.

autoestima_coachingmais50.com.br

O que é autoestima?

A autoestima de uma pessoa se forma ainda na infância, de 0 aos 12 anos, é o apreço, a valorização e a confiança que uma pessoa tem por si própria. É como a pessoa “se enxerga” em relação à ela mesma e aos outros, obviamente vai repercutir em sua autoconfiança, em seu auto respeito.

É um círculo virtuoso: melhorar a autoestima, amplifica a auto confiança e estimular a motivação pessoal, melhorar substancialmente a forma como a pessoa vê a si mesma e a sua forma de agir perante os outros muda substancialmente. A autoestima elevada, traz um novo sentido à vida e consequentemente melhora o humor da pessoa de forma substancial e aprimorara sua atuação com o mundo que o rodeia

Para elevar e melhorar a autoestima é essencial[1]:

  • Que desenvolva o autoconhecimento
  • Cuidar do corpo e manter a forma física (gostar da imagem refletida no espelho)
  • Observar e identificar também as qualidades e não só os defeitos
  • Usar as experiências passadas como uma fonte de sabedoria e não como uma derrota
  • Mimar-se, dar-se o que gostaria que outros lhe dessem ou fizessem torna-o mais seguro
  • Estar mais atento, escutar e dar mais importância à intuição aprender a confiar na vida
  • Manter diálogo interno, e responsabilizar-se pelas suas escolhas.
  • Acreditar que merece ser amado(a) e é um ser muito especial
  • Fazer diariamente algo o deixe feliz e orgulhoso do ser maravilhoso que é, fazendo coisas simples como dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.

 

Resultados da autoestima elevada

  • Gosto especial e à vontade para oferecer e receber elogios
  • Facilidade em expressão afeto pelos outros
  • Melhora a comunicação e a forma de expressão
  • Adquire maior flexibilidade e compreensão sobre os outros e sobre os acontecimentos
  • Auto confiança elevada
  • Amor-próprio aumenta e melhora a auto estima
  • Sentimentos como a ansiedade e insegurança diminuem substancialmente
  • Alcança uma harmonia entre o que sente e o que dia
  • Diminuição da necessidade de aprovação torna-o menos dependente do exterior o que melhora muito a auto estima
  • Satisfação pessoal
  • Maior desempenho profissional
  • Atrai relações saudáveis e harmoniosas
  • Alcança paz interior

        

          6  comportamentos para conquistar uma autoestima elevada

  1. Cumprimentar os outros com um sorriso e olha-los diretamente nos olhos. Um sorriso e o contato visual direto transmite aos outros confiança, este é um comportamento que reflete uma autoestima elevada.
  2. Ao atender o telefone, faça-o de forma agradável, seja no trabalho ou em casa, e ao fazer uma chamada, procure dar o seu nome antes de solicitar a pessoa que pretende. Apresentando o seu nome na sua apresentação, demonstra que é uma pessoa com auto respeito, o que reflete autoestima.
  3. É importante mostrar sempre a apreciação real de um presente ou de um elogio. A capacidade de aceitar ou receber é uma marca universal de um indivíduo com autoestima elevada. (merecimento).
  4. Não se gabar. É quase um paradoxo que a modéstia autêntica é realmente parte da capacidade de graça receber elogios. As pessoas que se gabam das suas próprias façanhas, demanda especial ou atenção estão simplesmente a ter uma tentativa de se edificar aos olhos dos outros e isso é porque eles não percebem como de facto já são dignos de respeito. Este comportamento demonstra uma enorme falta de autoestima e cria alguma repulsa aos que escutam quem se auto vangloria.
  5. Não fazer dos problemas o cenário central de sua conversa. Fale positivamente sobre sua vida e do progresso que você está tentando fazer. Esteja ciente de qualquer pensamento negativo, e tomar conhecimento de quantas vezes você se queixa. Quando você ouvir a si mesmo criticar alguém – e isso inclui autocrítica – encontrar uma maneira de ser útil, em vez de críticas.
  6. Responder a momentos difíceis e momentos deprimentes, aumentando o seu nível de atividade produtiva. Quando a autoestima é desafiada, não se sentam ao redor e ser vítima de “paralisia por análise.” Optar por ver os erros e rejeições como oportunidades para aprender e uma forma de alcançar sabedoria, logo mais proximidade de uma autoestima elevada.

Mesmo que até ao dia de hoje tenha tido um comportamento muito negativo sobre si mesmo, é sempre possível começar uma nova etapa e decidir agora que quer obter o que acredita que merece e decidir ter novos comportamentos de auto valorização que espelhem uma autoestima elevada. Repense a sua forma de estar, agir pensar e sentir e liberte-se de toda a negatividade que o limita.

 [1] http://tratamentodadepressao.org/1055-auto-estima-elevada-comportamentos-aumentam-auto-estima/

Assista no nosso canal do You Rube: Coaching Mais50 o vídeo: O Poder da Vulnerabilidade https://www.youtube.com/watch?v=32Qp_9EULYQ

Dica 20/28 – Não Desista de Sonhar

Posted on by 0 comment image

20.02.15 – Dica 20/28 – Não Desista de Sonhar

alegria_coachingmais50.com.brjpgSonhar é inerente à vida do ser humano. Quando somos crianças temos a alma cheia de sonhos, sonhamos em ser super homens ou princesas. Temos sonhos quase impossíveis, sonhamos alto, sem medo e sem fronteira. Mas parece que quanto mais vamos crescendo, mas nossos sonhos vão diminuindo de tamanho. Ainda são sonhos altos, como ser um jogador de futebol de fama internacional, uma atriz ou modelo igualmente reconhecida internacionalmente. Depois crescemos um pouco mais e os sonhos na mesma medida vão se tornando menos sonhos e sim realidades mais tangíveis como ser médico, advogado, dentista, professora, etc. O que permanece em todos seres humanos, independente da idade, é o sonho maior de ser feliz!

E isso acontece pois quando somos crianças tudo parece fácil de alcançar, mas com o passar do tempo a vida encarrega-se de nos mostrar que nem sempre conseguimos atingir os nossos objetivos, os sonhos vão ficando pelo caminho… e com o tempo, acabamos pro deixar de sonhar.

Aprendemos com a vida que sonhar é maravilhoso, porém não basta sonhar, precisamos seguir sempre agindo em direção a eles, um pouco por dia e tendo em mente a construção de nossos objetivos. Muitos desistem no caminho porque os obstáculos foram mais fortes que seus mais incontidos desejos.

Os sonhos são como uma bússola, indicando os caminhos que seguiremos e as metas que queremos alcançar. São eles que nos impulsionam, nos fortalecem e nos permitem crescer. Se os sonhos são pequenos, nossas possibilidades de sucesso também serão limitadas.

sonhar alto_coachingmais50.com.brNo livro “A mágica de pensar Grande”, o doutor David Schuwartz, nos recomenda em uma frase celebre que diz: Mire na lua, pois se você errar acertará as estrelas.(link abaixo para download do livro). Importante entendermos que a vida sempre lhe dará o mesmo daquilo que você acha que merece, se você achar que não merece uma casa bonita e confortável, um bom carro legal, viagens internacionais, se você achar que você não é merecedor, já estará colocando um limite em si mesmo, em seus objetivos, em suas metas.

Quando você tem uma mente próspera, quando você acredita que você merece coisas boas e quando se acha capaz de realizar metas maiores, você cria as condições necessárias, você age criando  um cenário propício para ajudá-lo a realizar seus sonhos e mesmo que não consiga exatamente aquilo que desejava,  você pode passar perto e conquistar algo muito interessante.

Quando você pensa grande você tem um motivo para entrar em ação em outras palavras você tem motivação. Desistir dos sonhos é abrir mão da felicidade porque quem não persegue seus objetivos está condenado a fracassar 100 % das vezes.

nunca desista de seus sonhos_ coachingmais50.com.brNo Livro “Nunca Desista de Seus Sonhos” o  médico psiquiatra  e escritor Augusto Cury debruça-se sobre nossa capacidade de sonhar e o quanto ela é fundamental na realização de nossos projetos de vida.

Analisando a trajetória vitoriosa de grandes sonhadores, como Jesus Cristo, Abraão Lincoln e Martin Luther King, Cury nos faz repensar nossa vida e nos inspira a não deixar nossos sonhos morrerem.

Ele comenta que a juventude mundial está perdendo a capacidade de sonhar. Os jovens têm muitos desejos, mas poucos sonhos. Desejos não resistem às dificuldades da vida, sonhos são projetos de vida, sobrevivem ao caos.

Fala também que a culpa, porém, não é dos jovens. Os adultos criaram uma estufa intelectual que lhes destruiu a capacidade de sonhar. Eles estão adoecendo coletivamente: são agressivos, mas introvertidos; querem muito, mas se satisfazem pouco.

Nos lembra que a presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, e a ausência dos sonhos transforma milionários em mendigos. A presença dos sonhos faz de idosos, jovens, e a ausência de sonhos faz dos jovens, idosos.

Este livro transcorre sobre a ciência dos sonhos, a mente dos sonhadores, a personalidade dos que nunca desistiram dos seus sonhos. As histórias são muito bem embasadas, com fatos históricos e as análises que ele faz sobre os sonhos que essas personalidades seguiam, mesmo enfrentando inúmeras derrotas, eles não desistiram, por isso, entraram para a história, cada qual com o seu objetivo.

No final há alguns textos especiais sobre sonhos a determinados grupos ou situações, dou destaque ao “os sonhos e a juventude”, nos toca profundamente a maneira como ele coloca a valorização dos pais, o desemprego, os medos em relação ao futuro, etc.

É acima de tudo um livro ensina a pensar. Provavelmente, ao lê-lo, você vai repensar a sua vida e entender que uma mente saudável deveria ser uma usina de sonhos. Pois os sonhos oxigenam a inteligência e irrigam a vida de prazer e sentido.

“Sem sonhos, as perdas se tornam insuportáveis, as pedras do caminho se tornam montanhas, os fracassos se transformam em golpes fatais. Mas se você tiver grandes sonhos… Seus erros produzirão crescimento, seus desafios produzirão oportunidades, seus medos produzirão coragem. Por isso meu ardente desejo é que você NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS” (Augusto Cury)

Dica 19/28 – Enfrente seus Medos

Posted on by 0 comment image

19.02.15 – Dica 19/28 –  Enfrente seus Medos

Medo._coachingmais50.com.brpngTodos nós sentimos Medo daquilo que não conhecemos, e isso é completamente normal.  Medo de Assaltos, Doenças, Morte, Solidão, Avião, Falar em Público, Dentista, Abandono, Animais, Perder Pessoas, Fracassar, entre muitas outras coisas.  E a intensidade do Medo dependerá da história de cada pessoa. Portanto, diante de nossos pavores, só nos restam duas alternativas: lutar ou fugir.

Todos sabemos que o Medo é uma reação protetora e saudável do ser humano. O Medo “normal” vem de estímulos reais de ameaça à vida. Quando há uma situação de ameaça real à sua vida, o Medo não é uma reação patológica, mas de proteção e autopreservação.

A cada situação nova, inesperada, que representa um perigo, surge o Medo. Mas e quando tudo tem causado Medo e não conseguimos agir?

Em princípio, lutar pode ser uma reação positiva. Isso não quer dizer que fugir seja uma reação negativa. Tudo depende da situação e é preciso reconhecer os próprios limites. Mas quando estamos sob o domínio do pânico, o Medo passa a tomar conta de nossa consciência, nem fugimos e nem enfrentamos, mas ficamos paralisados e sem controle. Nesses casos, devemos buscar a origem do Medo para conseguir agir

Situações reais de perigo exigem discernimento, mas o Medo irracional, sem causa real, deve ser enfrentado. Nosso inconsciente não diferencia fantasia de realidade. Por isso, ficar pensando em todas as vezes que não conseguiu, ou ainda, que nem adianta começar, baseando-se nas experiências anteriores negativas, fará com que sua mente reaja de acordo com esse pensamento, pois o Medo nasce da associação que nossa mente estabelece com essas experiências, sem discernir que não ocorrerão mais.

Sua mente não sabe distinguir o que é passado e presente, realidade e fantasia. E se esse seu pensamento continuar presente, sua mente irá acreditar nele como real.

Como surge o Medo?

Além dos perigos iminentes e reais, nossos temores podem aparecer por causa das associações que fazemos ao longo da vida. Nossa mente inconsciente é atemporal: não tem passado nem futuro. É como se tudo estivesse sendo vivenciado no momento presente. Não há discernimento do que aconteceu, o passado e o presente se misturam.

O Medo de que não vai conseguir é muito comum e acaba interferindo diretamente na autoestima e na autoconfiança, e consequentemente nas ações e resultados da pessoa. Uma pessoa que não age por Medo de fracassar, não acredita em sua capacidade e, assim, entregam o jogo antes de tentar e perdem também a oportunidade de reverter todo esse quadro.

Procure descobrir o que o Medo simboliza para você, o que ele representa, pois, quanto mais o negamos, mais poderoso ele se torna. Explore seu Medo, descubra o que está por trás dele. Se tiver dificuldade para fazer isso, busque ajuda profissional. A pessoa mais prejudicada nesse processo todo é você mesma. Por isso, arregace as mangas e trabalhe contra tudo isso, sem pensar em desistir.

Afinal, ou o Medo controla você ou você o controla. Qual você prefere?

Quanto mais nos fixarmos e absorvermos mentalmente uma situação, mais conexões neuronais iremos criar ligadas a estes significados, e isso tornará esta conexão mais forte e mais fácil será acessá-la, segundo a neurociência.

Devemos encarar nossos Medos como as nossas maiores oportunidades de crescimento.  Eles geralmente estão relacionados com o desconhecido, o que nunca se viu ou se provou e por isso é completamente normal sentir Medo.

A verdade é que todos nós temos Medo de arriscar, mas, se pensarmos bem, só o fato de estarmos vivos já não é arriscado? A cada momento tomamos decisões que não sabemos no que vai resultar. Vivemos todos os dias sem saber se estaremos vivos no dia seguinte ou não, se continuaremos com o emprego, se teremos saúde, dinheiro…e o Medo não pode nos servir de paralisante, mas sim de estímulo. Devemos usá-lo para analisar melhor determinada situação em vez de simplesmente agir por impulso.

O medo é uma forma distorcida de ver o mundo. Arrisque-se, permita-se e viva cada dia

A boa notícia é que você pode mudar essa forma de ver o mundo. Mudando seu modo de pensar você pode mudar seu modo de agir e sentir e se libertar do seu medo.

5 passos para se libertar do medo:

1- Entenda seu medo. Ganhe controle de seus medos controlando seus pensamentos.

2- Enfrente seu medo. Olhe direto nos olhos dos seus medos. Aja racionalmente.

3-Aprenda como falar consigo mesmo de forma construtiva. Construa uma nova crença a respeito de seu medo.

4- Mude seu comportamento. Aprenda a desacelerar suas reações e definir o que está realmente sentindo. Aprenda a não fugir automaticamente do medo, veja o medo não como algo que ameace a sua segurança, mas veja como algo superável.

5- Recupere a crença em si mesmo.

medo_coachingmais50.com.brpngQuando enfrentar seus medos e mudar a forma de pensar sobre eles você vai mudar a maneira que vê a si mesmo e o mundo ao seu redor. Combater o medo é aprender como sentir-se bem consigo mesmo. Ao vencer o medo não importa o que lhe aconteça, você poderá lidar os altos e baixos da vida. Você não mais fugirá, e quando enfrentar o medo pela primeira vez terá evidencias indiscutíveis de que pode fazer.

Você pode confiar em você mesmo.

Siga a seguinte ideia que pode aplicar a qualquer situação da vida:

“Tenho medo de saltar aquele muro. Porquê? Porque vou-me magoar. Penso que vai acontecer algo de negativo se saltar aquele muro. O melhor é nem tentar.”

Qual seria o oposto?

“Consigo saltar aquele muro. Porquê? Porque tenha a capacidade. Penso que algo de positivo vai acontecer se saltar aquele muro. Vou tentar.”

Descrevi uma situação em que está implicada a noção de fé. Pois, a fé anula o medo. Veja como:  O medo é sentir que algo vai correr mal embora não o consiga ver ainda. A fé é sentir que algo vai correr bem embora não o consiga ver ainda.

A fé, como vê, não está relacionada com religião. É um sentimento que pode substituir o medo. A fé é tão poderosa como o medo, apenas funciona para fins diferentes. Quanto mais medo tem, mais situações atrai que fazem crescer o seu medo. Quanto mais fé tem, mais situações encontra que fazem crescer a sua fé.

Portanto, tudo o que tem a fazer é mudar do “canal medo” para o “canal fé”.

Assista em nosso canal do You Tube – Coaching Mais50 , o vídeo:  Aprenda com o medo- Karen Thompson Walker – https://www.youtube.com/watch?v=-Ipx_UkI3Ro&feature=youtu.be