Coaching no Mundo

24/01/2015 | by Coaching+50 |

NÚMEROS QUE VALIDAM O COACHING NO MUNDO:

• Nos EUA, segundo o jornal Executive Channel, mais de 40% dos executivos já passaram pelo processo de Coaching. O método é tão difundido, que muitas empresas oferecem o serviço de Coaching como benefício do cargo.

• Segundo a Revista Fortune, mais de 40.000 executivos possuem coaches nos EUA.

• 88% das organizações no Reino Unido utilizam Coaching de acordo com a Bristol University.

• 70% das empresas australianas contratam Coaches de acordo com o Inside Business Channel.

• Uma recente pesquisa (PUC CAMPINAS) realizada com 10 executivos que passaram pelo processo de Coaching aponta que 100% aperfeiçoam a capacidade de
ouvir, 80% melhoraram a flexibilidade, 80% aprendem a aceitar melhor as mudanças e 70% evoluíram a capacidade de se relacionarem.(Revista Você S/A)

• Executivos que passaram por “Coaching” melhoraram 90% em produtividade, 80% se mostram mais abertos a mudanças organizacionais e 70% conseguiram
melhorar o ambiente e o relacionamento no trabalho. (Fonte: Folha de São Paulo)

• Um estudo publicado no Public Personnel Management Journal concluiu que os executivos que participaram de treinamentos gerenciais aumentaram em 22,4% sua produtividade. E aqueles que tiverem Coaching, após esse mesmo treinamento, aumentaram sua produtividade em 88%.

• No estudo da Fast Company descobriu-se que 43% dos CEO’s e 71% dos altos executivos já trabalharam com um coach. E 63% das organizações tem planos
de aumentar a utilização de Coaching e mais 92% dos lideres que atuaram com Coaches planejam recontratar ou continuar o trabalho dos Coaches.

• Um estudo feito pela Manchester Inc. mostra que a média do retorno de investimento em trabalhos de Executive Coaching é de 5,7, apresentando melhoria significativa nos resultados da organização como: aumento nos lucros de 22% e melhoria na satisfação dos clientes em 39%.

• Segundo publicação recente da revista Fortune 500, mediante um estudo com 100 executivos, o Coaching é uma ferramenta de desenvolvimento que quintuplica o valor investido.